NOTÍCIAS
26/07/2017 | 12h45

Balanço

Autopeças registram US$ 2,65 bi de déficit

Importações de componentes aumentaram 10,3% no primeiro semestre


MÁRIO CURCIO, AB

O déficit na balança comercial de autopeças atingiu no acumulado de janeiro a junho US$ 2,65 bilhões, registrando alta de 16,6% sobre o mesmo período do ano passado.

As importações somaram US$ 6,06 bilhões e cresceram 10,3% no período, enquanto as vendas ao exterior, de US$ 3,41 bilhões, aumentaram somente 5,9%.

Os números foram divulgados pelo Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças). Em junho as exportações totalizaram US$ 651,7 milhões, resultando em crescimento de 4,1% em relação a maio e de 18,1% sobre o mesmo mês do ano anterior.

- Veja aqui o novo estudo do Sindipeças
- Veja aqui outros dados da entidade
-Veja outras estatísticas em AB Inteligência

Por dois meses seguidos houve alta nas exportações, sendo que no primeiro semestre de 2017 as vendas para o exterior aumentaram em quatro deles, o que revela o empenho na busca de novos mercados, mas a dependência de componentes externos prevaleceu.

Os Estados Unidos ainda são o principal provedor de componentes para o Brasil, mas a China pode passar do segundo para o primeiro lugar até o fim do ano. No acumulado até maio as compras dos EUA haviam somado US$ 633,7 milhões e as da China, US$ 579,2 milhões, uma vantagem de US$ 54,5 milhões. No entanto, essa diferença entre os dois caiu para US$ 41,3 milhões no acumulado até junho.

A Argentina permanece como principal destino, para onde o Brasil enviou US$ 1,04 bilhão em autopeças, 16,8% a mais que no mesmo período do ano passado. Estados Unidos e México vêm em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 18/10/2017
Medidas simples e novos estudos ajudam na redução de emissões de CO2

Esta coluna é apoiada por:

Documento sem título
Advertisement Advertisement Advertisement
AUTOINFORME | 19/10/2017
Hyundai produz em Ulsan 1,5 milhão de carros por ano
DE CARRO POR AÍ | 13/10/2017
Com Jumpy, marca avança em novo território
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
INOVAÇÃO | 15/08/2017
Indústria automotiva precisa abrir os olhos para novas formas de trabalhar
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes