Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Indústria | 22/06/2017 | 13h9

VW confirma Polo em São Bernardo do Campo

Novo modelo resulta de um ciclo de investimentos de R$ 7 bilhões no País

REDAÇÃO AB

A VW confirmou na quinta-feira a produção do novo Polo dentro da fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP). A montagem do modelo global faz parte de um plano de investimentos de R$ 7 bilhões no Brasil, que se iniciou em 2016, vai até 2020 e já tem como certa também a montagem de um novo sedã, o Virtus.

O Polo é a principal novidade da VW no Brasil em 2017 e chega à rede no segundo semestre. Por aqui ele será o primeiro modelo menor que o Golf a utilizar a estratégia modular MQB (Matriz Modular Transversal), uma nova plataforma ou arquitetura para a produção de veículos. Ela já é aplicada em outros VW como o Passat, também estará no utilitário esportivo T-Cross e na próxima geração da picape Saveiro.

O conceito consiste na padronização do processo de manufatura nas fábricas do Grupo VW, estabelecendo, por exemplo, a mesma sequência de montagem e proporcionando como vantagem a redução do tempo de produção dos veículos.

Essa base foi desenvolvida seguindo preceitos de baixo peso, utilizando aços de alta resistência que permitem aumentar a segurança e reduzir o peso do veículo.

A produção do Polo obrigou a VW a adotar tecnologias e conceitos de indústria 4.0 na fábrica de São Bernardo do Campo, a primeira erguida pela montadora fora da Alemanha. Mas a fabricante não revela detalhes como investimento ou contratações.

David Powels, presidente e CEO da Volkswagen do Brasil e América do Sul, ressalta apenas a importância dos acordos fechados com os sindicatos de cada fábrica: “Fizemos no ano passado uma das maiores reestruturações da VW desde sua instalação no Brasil. Entre as ações, em todas as fábricas, foram firmados acordos trabalhistas com os sindicatos, com validade pelos próximos cinco anos, que permitiram redução de custos, readequação de efetivo e aumento de nossa flexibilidade”, recorda o executivo.

Em todo o mundo o Polo teve 14 milhões vendidas desde o lançamento da primeira geração, em 1975. No Brasil ele foi produzido em sua quarta geração entre 2002 e 2014 em versões hatch e sedã, que somadas ultrapassaram 350 mil unidades.

O novo modelo está na sétima geração e mede 4,05 metros. Comparado com o Polo hatch que saiu de linha há três anos ele tem 16 centímetros a mais de comprimento e 10 cm a mais de distância entre eixos.

Tags: VW, Polo, São Bernardo do Campo, Anchieta, Golf, MQB, T-Cross, Virtus, Saveiro.


Comentários

  • Flavio Costa

    Se for fabricado aqui com a mesma tecnologia da Europa e com o mesmo preço, com certeza é um otimo modelo, porem o que preocupa é a carga tributaria do Brasil, que faz modelos inferiores custarem mais do que na Europa e EUA.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
AB Inteligência