NOTÍCIAS
14/06/2017 | 19h18

Negócios

Consórcio Disal expande atuação para crescer 7%

Administradora passa a trabalhar com revendedores sem vínculo com VW


MÁRIO CURCIO, AB

Luciana Precaro, diretora de vendas e marketing da Disal
Depois de quase 30 anos atuando somente dentro de concessionárias Volkswagen, a administradora de consórcios Disal começou a mudar seu perfil já em 2015 e em 2017 passou a atuar ao lado de todos os revendedores de automóveis zero-quilômetro. Com isso a empresa pretende crescer 7% até o fim de 2017.

“Há dois anos passamos a vender consórcios de carros de outras marcas, mas somente dentro dos grupos de concessionários que também atuassem com Volkswagen. Neste ano ampliamos nossos negócios e passamos a trabalhar com todos os revendedores”, afirma a diretora de vendas e marketing da companhia, Luciana Precaro.

“Hoje, cerca de 60% de nossos negócios vêm das outras marcas”, diz a executiva. No mês de abril, os carros Fiat responderam por 59%, seguidos dos Volkswagen, com 29%. O Mobi Easy (R$ 33,7 mil) foi o mais vendido daquele mês, seguido do VW Take Up! (R$ 35.560) e de outro Fiat, o Palio Fire (R$ 34.170).

O perfil predominante é de consumidores que buscam carros de entrada, mas a Disal também tem operações com créditos mais altos. “A cada quatro dias formamos um grupo de 800 pessoas para créditos de R$ 42 mil em média ou de 300 participantes para créditos de R$ 75 mil a R$ 150 mil.”

Segundo dados da Associação Brasileira das Administradoras de Consórcio (Abac), de janeiro a abril a venda de novas cotas de consórcio para automóveis e comerciais leves registrou alta de 16,2%. Luciana explica que essa expansão foi puxada pelos bancos de varejo.

Ela recorda que as instituições vêm migrando parte de seus negócios dos financiamentos tradicionais para o consórcio porque o consumidor não tem como dar entradas que chegam a 50% do valor do carro.

Com isso, enquanto os bancos varejistas como Itaú, Banco do Brasil, Santander e outros registraram 23% de crescimento na venda de novas cotas de consórcio no ano passado, as administradoras independentes como a Disal tiveram resultados estáveis, semelhantes aos de 2015.

Comentários: 1
 

Carlos Alexandre
16/06/2017 | 13h49
Vejo a Disal se posicionando como uma das maiores administradoras do mercado e como referencia no segmento. O compromisso com a credibilidade e a lisura mantém o relacionamento com os clientes sempre em alto nível. O reposicionamento comentado na matéria gera uma expectativa de desenvolvimento e crescimento. Parabenizo a Diretoria da Disal pela iniciativa.

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 18/10/2017
Medidas simples e novos estudos ajudam na redução de emissões de CO2

Esta coluna é apoiada por:

Documento sem título
Advertisement Advertisement Advertisement
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
AUTOINFORME | 19/10/2017
Hyundai produz em Ulsan 1,5 milhão de carros por ano
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes
DE CARRO POR AÍ | 13/10/2017
Com Jumpy, marca avança em novo território
INOVAÇÃO | 15/08/2017
Indústria automotiva precisa abrir os olhos para novas formas de trabalhar
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro