Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Tecnologia | 07/06/2017 | 19h32

Delphi terá serviço de táxi autônomo na França

Projeto começa ainda em 2017 em parceria com a Transdev

REDAÇÃO AB

A Delphi anuncia parceria com a Transdev, empresa francesa especializada em serviços de mobilidade. O objetivo da cooperação é estabelecer uma frota de carros autônomos para transporte individual, uma espécie de táxi (ou Uber) autoguiado. Os veículos vão rodar em Saclay, um subúrbio de Paris, e poderão ser solicitados por aplicativo. As primeiras duas unidades entram em operação ainda em 2017.

Pelo acordo, a Delphi será responsável por equipar os automóveis com sensores lidar, radares e câmeras. Em resumo, a companhia usará recursos da plataforma autônoma que está desenvolvendo em parceria com a Mobileye. Já a Transdev vai contribuir com o software que traça as rotas. A empresa é player importante da mobilidade, com atuação em 19 países em sistemas de balsas, ônibus, trens e metrôs.

A parceria começa tímida, mas com grande expectativa, já que a ambição das duas companhias é desenvolver soluções e serviços globais. A Delphi tem um projeto semelhante com veículos autônomos em Cingapura. Por enquanto a companhia testa serviço de transporte individual ali em apenas um automóvel, mas o plano é expandir no futuro.

Tanto neste projeto quanto na iniciativa na França o serviço começa com um especialista sentado no banco do condutor para gerenciar o sistema. A meta, no entanto, é eliminar o motorista nos próximos anos e permitir que os carros circulem de forma totalmente autônoma.



Tags: Delphi, carro autônomo, França, Transdev.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência