NOTÍCIAS
31/05/2017 | 16h10

Negócios

Continental firma parcerias com NIO e Baidu, da China

Acordos visam desenvolvimentos para veículos elétricos e autônomos


REDAÇÃO AB

Frank Jourdan, membro executivo do conselho da Continental, e o fundador e chairman da NIO, William Li, assinam acordo de cooperação em Berlim
A Continental anuncia novas parcerias com as chinesas NIO e Baidu com o objetivo de avançar no desenvolvimento de novas tecnologias para veículos elétricos e também para carros autônomos. Para a área de veículos elétricos, a empresa assinou um acordo de cooperação com a NIO, uma startup global de origem chinesa que planeja lançar seu primeiro carro elétrico em 2018, o ES8, um crossover de oito lugares, cujo conceito foi apresentado durante o Salão de Xangai no mês passado. O acordo foi assinado na quarta-feira, 31, em Berlim, na Alemanha, pelo membro executivo do conselho da Continental e presidente da divisão de chassis e segurança, Frank Jourdan, e pelo fundador e chairman da NIO, William Li.

Neste primeiro momento, a Continental fornecerá sistemas de suspensão a ar e pneus para o crossover. Pelo acordo, as duas empresas vão colaborar juntas não só no campo de carros elétricos, mas também em sistemas inteligentes de transporte e automação em novos modelos para o futuro, visando uma parceria estável de longo prazo. Entre os planos posteriores, estão o desenvolvimento conjunto de sistemas de carregamento sem fio, condução autônoma, painéis digitais, sistemas de freio de próxima geração e sistemas de suspensão a ar. Além disso, as empresas acordaram em estabelecer plataformas de cooperação nas áreas de promoção da marca, marketing de produtos, promoção de tecnologia, treinamento em qualidade e em atendimento ao cliente.

“Os carros do futuro contêm unidades elétricas, que estarão totalmente conectadas e automatizadas. Em 2025, esperamos uma participação de mercado para sistemas de acionamento totalmente elétricos de cerca de 10% e a Continental está bem posicionada para satisfazer com sucesso essas futuras demandas em sistemas de acionamento automotivo. Hoje, a China é um dos principais mercados de veículos elétricos e nossa parceria com a NIO contribuirá para avançar ainda mais no desenvolvimento de veículos elétricos e do mercado chinês para estes modelos”, disse o presidente executivo da Continental, Elmar Degenhart.

“Estamos empolgados nesta parceria com a Continental em vários projetos, incluindo tecnologia de condução autônoma, carregamento e bateria para oferecer serviços e experiências únicas aos nossos usuários”, comentou Li.

O segundo acordo é com a Baidu, uma das maiores empresas especializadas em internet da China, comumente chamado de Google chinês por desenvolver tecnologias semelhantes ao concorrente norte-americano. Com ela , o objetivo da Continental é também avançar na área de condução autônoma, veículos conectados, e serviços inteligentes de mobilidade. A parceria foi firmada na mesma ocasião, assinada por Frank Jourdan, da Continental, e Qi Lu, presidente do grupo e diretor de operações da Baidu.

As empresas pretendem explorar diferentes campos de colaboração, como sistemas de sensores e softwares para sistemas avançados de assistência ao motorista e condução autônoma, aplicações para a plataforma Apollo, da Baidu, incluindo inteligência artificial, segurança cibernética e carros conectados, bem como testes rodoviários, coleta de dados e análise para condução autônoma.

“A Continental desenvolve e fornece tecnologias e serviços pioneiros para a mobilidade do futuro. A Baidu é uma das empresas mais importantes de internet na China. Com a nossa colaboração estratégica, levaremos a mobilidade inteligente a um passo ainda mais importante”, afirmou o presidente executivo da Continental, Elmar Degenhart.

“A inteligência artificial tem um grande potencial para impulsionar o desenvolvimento social e uma das maiores oportunidades da IA é o de veículos inteligentes. Ao juntar as mãos com a Continental, estamos nos esforçando para atualizar a inteligência na indústria automobilística e desenvolver um novo ecossistema de mobilidade inteligente e condução autônoma, capacitando as indústrias existentes e as novas”, afirmou Qi Lu, da Baidu.


Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 19/07/2017
Notícias recentes sobre carros elétricos se parecem mais com capítulos de novela

Esta coluna é apoiada por:

Documento sem título
Advertisement Advertisement Advertisement
DE CARRO POR AÍ | 21/07/2017
Como aumentar participação, vendas e lucros num mercado suicidamente competitivo?
AUTOINFORME | 19/07/2017
Autor dos Estados Unidos defende que beber e conduzir não deveria ser crime
DISTRIBUIÇÃO | 07/07/2017
Concessionárias ainda não organizaram estrutura para atuar na internet
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
INOVAÇÃO | 01/06/2017
Desordem pode fazer com que iniciativas de inovação fracasssem
Negócios | 08/03/2017
Tecnologia faz parte da receita para sair da crise
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes