Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Rede Suzuki agora vende Kymco e Haojue
Kymco Downtown 300 (à esq.) tem preço sugerido de R$ 19.990 e People GTi 300 custa R$ 18.990

Duas Rodas | 12/05/2017 | 16h3

Rede Suzuki agora vende Kymco e Haojue

Novas motos e scooters já são montados em Manaus e distribuídos pela JTZ

MÁRIO CURCIO, AB

Parte das concessionárias de motos Suzuki começou a vender neste mês dois scooters da taiwanesa Kymco e três modelos da chinesa Haojue. As duas marcas são representadas no Brasil pela JTZ Indústria e Comércio de Motos. A empresa se dedica à montagem e distribuição dessas duas novas marcas e utilizando parte da estrutura da J.Toledo, que continua vinculada apenas a motocicletas Suzuki.

Os scooters Kymco chamam-se People GTi 300 (R$ 18.990) e Downtown 300 (R$ 19.990). Apesar da cilindrada igual eles têm estilos e construção bem diferentes. O primeiro é mais urbano e o outro, melhor para estrada.

Os produtos da Haojue são de três segmentos diferentes. O mais acessível é a Nex 110, uma motoneta semelhante à Honda Biz. Tem transmissão semiautomática de quatro marchas e tabela de R$ 5.590. A Haojue Chopper 150 tem estilo custom e tabela de R$ 5.990. Há também o scooter Lindy 125, igualmente vendido por R$ 5.990.

As motos e detalhes já podem ser vistos pelos sites www.kymcomotos.com.br e www.haojuemotos.com.br. O formato de ambos é igual e seus mapas com pontos de venda revelam as mesmas 33 concessionárias, que continuam vendendo simultaneamente as motos Suzuki.

Com alguns telefonemas para diferentes regiões do País deu para perceber vendedores animados com os novos produtos. Eles têm motivo: os preços da linha Haojue são bem camaradas quando comparados com concorrentes Honda, Yamaha, Dafra e até mesmo da própria Suzuki.

Como exemplo, o scooter Suzuki Burgman 125i é tabelado em R$ 9.490, valor 58% maior que o do novo Haojue Lindy. Também ajuda o fato de a Chopper 150 ocupar o espaço deixado pela Suzuki Intruder 125, cuja montagem nacional parou em novembro de 2015, segundo dados da Abraciclo, associação que reúne os fabricantes de motos instalados em Manaus.

E os scooters Kymco de 300 cc foram bem recebidos pela rede porque um deles preencherá uma lacuna deixada pelo Suzuki Burgman 400 (fora de linha no Brasil desde janeiro de 2016) e o outro concorrerá com Dafra Citycom e Honda SH 300.

De acordo com informações obtidas com revendedores, as novas motos são montadas na mesma fábrica de Manaus em que ocorre a produção das motos Suzuki e o treinamento para assistência técnica utiliza a estrutura da J.Toledo em Jundiaí (SP).

Automotive Business tentou contato com executivos da JTZ por dois dias para obter mais detalhes dessa nova operação, mas não obteve retorno. A imagem dos scooters foi feita na concessionária Nova Suzuki, na zona sul da capital paulista. A loja também já recebeu produtos Haojue.



Tags: Suzuki, Haojue, Kymco, People, Downtown, Nex, Chopper 150, Lindy, Honda, Yamaha, Dafra.


Comentários

  • edvan sousa monteiro

    gostaria de saber o comprometimento com clientes que adquirirem motos tipo chopper se daqui dois ou tres anos nos deixem na mao como fez a sundown miza mvk haboo etc gostei da moto mas sempre fico com um pe atras

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
AB Inteligência