Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Indústria | 05/05/2017 | 17h43

Exportações de veículos batem novo recorde no ano

Vendas para o exterior já representam um terço da produção nacional

SUELI REIS, AB

As exportações de veículos batem novo recorde ao atingir o volume de 232,1 mil unidades de janeiro a abril, considerando os envios de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus. De acordo com os dados da Anfavea divulgados na sexta-feira, 5, este total representa aumento expressivo de 64,2% sobre igual período do ano passado, quando foram embarcadas 141,4 mil unidades. Segundo o presidente da entidade, Antonio Megale, as vendas ao exterior já representam um terço do total produzido atualmente pela indústria nacional.

- Veja aqui os dados da Anfavea em abril
- Veja aqui outros dados da Indústria
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência

“A cada três veículos produzidos, dois são para o mercado interno e um vai para exportação”, afirma o executivo. “Depois de um melhor primeiro trimestre, este foi o melhor quadrimestre da história. É um resultado extremamente importante para diminuir a ociosidade da indústria”, completa Megale.

O volume exportado até abril está 56% acima da média do mesmo período dos últimos dez anos, que foi de 148,5 mil unidades, mostram os dados da Anfavea. O bom desempenho das vendas ao exterior foi impulsionada pelo segmento de veículos leves, cuja alta foi de 66,2% no acumulado de janeiro a abril sobre iguais meses do ano passado, para 221,6 mil unidades, das quais 192 mil automóveis e 29,6 mil comerciais leves, incremento de 67,4% e 58,9%, respectivamente. Já em pesados, enquanto os caminhões avançaram 43,3% no mesmo período, para pouco mais de 8,3 mil unidades, chassis de ônibus reduziram seus volumes ao exterior em 3,5% ao embaraçar 2,1 mil unidades nos primeiros quatro meses do ano.

Apesar do bom resultado, a Anfavea preferiu manter as projeções para o ano. Em janeiro, a entidade que reúne as montadoras divulgou sua previsão, apontando volume total de 558 mil unidades exportadas neste ano, o que representaria aumento de 7,2% sobre as 520 mil enviadas ao longo de 2016.

“Ainda é precipitado fazer alguma mudança/movimentação [nas projeções], mas estamos acompanhando as exportações”, disse Megale, se referindo às projeções de todo o setor, que inclui volumes de vendas e produção, além das exportações.

Contudo, se continuar neste ritmo, as exportações devem fazer de 2017 seu melhor ano. Os níveis estão atingindo proporção idêntica ao ano recorde, que foi em 2005: naquela ocasião, a indústria nacional havia produzido 2,35 milhões de veículos, também recorde, graças às exportações, que somaram 724,1 mil unidades, considerando apenas veículos montados (sem CKD). Vale notar que este volume representa quase um terço do total fabricado, mesmo caminho que a indústria percorre neste ano, pelo menos até agora.

Tags: Exportações, Anfavea, recorde.


Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
AB Inteligência