NOTÍCIAS
05/05/2017 | 16h35

Indústria

Produção de veículos cresce 21% até abril

Mas volume de 802 mil fica 18% abaixo da média de 10 anos, aponta Anfavea


SUELI REIS, AB

A produção de veículos fechou o primeiro quadrimestre com crescimento de 21% na comparação com iguais meses de 2016 ao atingir as 802 mil unidades, considerando leves e pesados, de acordo com os dados da Anfavea divulgados na sexta-feira, 5. Contudo, a associação aponta que este total ainda está 18% abaixo da média verificada nos últimos 10 anos, que foi de 977 mil veículos.

- Veja aqui os dados de abril da Anfavea
- Veja aqui outros dados da Indústria
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência

Em abril, o menor número de dias úteis – apenas 18 – reduziu a produção em 18,8% sobre março, que teve 23 dias úteis. Por outro lado, houve melhora na comparação com a produção de abril do ano passado, com alta de 11,4%. Apesar de menos dias trabalhados, a indústria aumentou a média diária do mês passado em 23% neste comparativo anual, passando de 8,5 mil para 10,6 mil.

Este foi o melhor primeiro quadrimestre desde 2015, quando a indústria entregou 88 mil veículos. Abril de 2017 também superou o mesmo mês daquele ano, o melhor abril até então, quando haviam sido montadas 220 mil unidades.

Embora haja uma tendência de melhora nos níveis de produção, que vem crescendo gradualmente mês a mês desde o início deste ano, impulsionada principalmente pelas exportações (leia aqui), a Anfavea é cautelosa ao analisar o desempenho.

“Ainda há um grande nível de ociosidade nas nossas empresas”, comenta o presidente da entidade, Antônio Megale. “Estamos trabalhando com 55% da capacidade de nossas fábricas; a ociosidade está em 52% para automóveis e 81% para caminhões”, completa o executivo.

Por segmento, as linhas de montagem de veículos leves aumentaram seus volumes em 21,6% no primeiro quadrimestre sobre igual intervalo de 2016 ao entregarem 774,3 mil unidades, entre automóveis e comerciais leves. Já nos pesados, houve melhora de 6,5% dos volumes produzidos de caminhões, para 21,6 mil, enquanto ônibus registraram queda de 5,4%, para 5,6 mil chassis.

ESTOQUES E EMPREGOS

O nível de veículos em estoque fechou abril em 216,4 mil unidades, dos quais 135,8 mil alocados nas redes de concessionárias e os demais 80,6 mil nos pátios das fabricantes. Este volume é equivalente a 41 dias de vendas, considerando o ritmo de vendas de abril.

“No nosso ponto de vista, 41 dias de estoque não é muito elevado. Considerando que maio terá quatro dias úteis a mais do que abril, é importante entrar no mês com estoque adequado para atender a demanda”, comenta Megale.

Por outro lado, o número de empregos encerrou o mês passado com 103,1 mil pessoas ocupadas, 0,5% menos do que o saldo de março. Deste total, 10.285 pessoas estão afastadas de suas funções, das quais 8.938 em PPE e 1.347 em layoff.

“Ficou próximo aos 10,6 mil afastados de março. É uma variação normal, sem grandes destaques. Todas as empresas estão aguardando a recuperação do mercado, que deve vir mais consolidada no segundo semestre, para obviamente realocar todas essas pessoas”, afirma Megale.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 22/11/2017
Frota brasileira de 42 milhões exige controle apropriado

Esta coluna é apoiada por:

Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
AUTOINFORME | 09/11/2017
Luguez firmou parceria com o governo de Ohio
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
DE CARRO POR AÍ | 17/11/2017
Chineses entregam operação brasileira à administração dos brasileiros
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
INOVAÇÃO | 25/10/2017
Indústria precisa questionar qual será o seu papel no futuro
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade