Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Crédito | 04/05/2017 | 20h30

Concessões para veículos saltam 28,5% em março

Liberações para financiamentos atingem R$ 7,4 bilhões no mês, aponta BC
REDAÇÃO AB

As concessões de crédito para o financiamento de veículos saltaram 28,5% em março na comparação com fevereiro ao atingirem os R$ 7,41 bilhões, apontam dados preliminares do Banco Central. É o maior volume mensal liberado até o momento em pelo menos 15 meses. Para se ter ideia, apenas dezembro do ano passado atingiu a casa dos R$ 7 bilhões, que é historicamente considerado um bom mês em vendas de veículos.

O bom desempenho das liberações em março se explica por este ter sido o melhor mês em volumes de vendas do ano.

Por outro lado, o saldo das carteiras tele leve queda, de 0,5% em março, para R$ 142,9 milhões, refletindo o menor número de financiamentos ao longo dos últimos meses.

A taxa média de juros teve caiu para 24,8% em março contra índice de 25,7% registrado em fevereiro. O índice vinha oscilando desde meados do ano passado e voltou a aumentar em janeiro de 2017, tornando a cair desde então.

O prazo médio dos contratos de financiamentos também segue curva desde fevereiro após três meses consecutivos de estabilidade. Em março, a média ficou em 41,9 meses sobre os 42,2 meses do mês anterior.

Por fim, a inadimplência também diminuiu e fechou março em 4,5%, o menor índice registrado desde abril do ano passado.



- Veja aqui os dados de financiamentos de veículos do Banco Central
- Veja aqui outros dados de financiamentos de veículos
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência



Tags: Crédito, concessões, Banco Central, inadimplência.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
AB Inteligência