NOTÍCIAS
26/04/2017 | 22h00

Indústria

Rota 2030 vai contemplar caminhões

Roberto Cortes diz que não vai brigar por incentivos que artificializam o mercado


GIOVANNA RIATO, AB

A Rota 2030 política industrial que vau suceder o Inovar-Auto a partir de 2018, deve contemplar também o segmento de veículos comerciais. Roberto Cortes, CEO da MAN Latin America, aponta que a legislação deve traçar metas tecnológicas com um cronograma de implementação. Desta maneira, os caminhões e ônibus também precisarão alcançar patamares de eficiência e segurança.

As montadoras de veículos comerciais estão inscritas no programa atual, mas a realidade é que, neste caso, o Inovar-Auto tem efeito limitado à exigência de processos fabris e alguns poucos aspectos, sem medidas capazes de impulsionar melhoria nos produtos, diferentemente do que acontece no segmento de veículos leves, que precisa cumprir metas. “Apoiamos integralmente a política industrial”, diz Cortes. Segundo ele, depois de debatidos os objetivos entre o setor e o governo, agora, com os grupos de trabalho, começa a fase de desenvolver a legislação completa.

“Nunca desenvolvemos no Brasil uma política de longo prazo para o setor. É muito positivo ver este movimento”, comentou o executivo, sobre a abrangência da iniciativa, que deve ser de 15 anos. Cortes aponta que o objetivo do programa é eliminar ineficiências para que as empresas possam competir no cenário global. “Não vamos mais brigar por nada que seja artificial”, diz, eliminando a possibilidade de pedir incentivos, como aconteceu no passado. “Naquele momento fazia sentido. Precisávamos de medidas anticíclicas. Agora precisamos da melhoria da economia”, justifica.

Ele conta que a Rota 2030 deve incluir um programa de inspeção veicular que, na prática, pode impulsionar uma renovação da frota. Outro ponto relevante são as condições de financiamento para caminhões e ônibus pelo Finame. A linha vai passar por mudança em 2018 com o fim da TJLP para ser indexada TLP, algo que pode aumentar os custos do investimento. “A negociação é que o governo introduza a nova taxa conforme a taxa Selic cai, assim evitamos um impacto forte no preço do financiamento”, conta.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 24/05/2017
Nas grandes cidades adere-se rápido a novas tecnologias

Esta coluna é apoiada por:

Advertisement
DE CARRO POR AÍ | 19/05/2017
Picape promete a cabine mais espaçosa do mercado
AUTOINFORME | 16/05/2017
Venda diária volta a recuar para baixo de 8 mil
QUALIDADE | 15/05/2017
Iniciativa tem potencial para melhorar a qualidade de vida da população
INOVAÇÃO | 24/04/2017
Ter empatia com consumidor é essencial para o sucesso
Negócios | 08/03/2017
Tecnologia faz parte da receita para sair da crise
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
DISTRIBUIÇÃO | 09/08/2016
Crise pode reduzir negócios no pós-venda ou ser oportunidade para manter clientes mais próximos
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes