Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Volkswagen Taubaté dá férias coletivas a 3,6 mil

Indústria | 18/04/2017 | 20h43

Volkswagen Taubaté dá férias coletivas a 3,6 mil

Companhia suspende a produção na unidade até o fim de abril

AGÊNCIA BRASIL

A Volkswagen vai conceder férias coletivas a 3,6 mil trabalhadores da fábrica de Taubaté (SP) a partir da terça-feira, 18. A informação é do Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté. Com 4 mil funcionários, a unidade terá, segundo a entidade, a produção interrompida no período.

Os funcionários voltarão ao trabalho entre 28 de abril e 8 de maio. “O sindicato acompanha as atividades da empresa para que sejam tomadas as medidas necessárias para manutenção dos postos de trabalho, já que as férias coletivas são uma prerrogativa da Volks”, diz nota distribuída pela organização. Procurada, a Volkswagen informou que “tem feito uso de ferramentas de flexibilização para adequar o volume de produção à demanda do mercado”.

Enquanto suspende temporariamente a produção na fábrica, a companhia busca aquecer suas vendas com a atualização do Up!. O modelo foi apresentado à imprensa também na terça-feira, 18. A montadora vem perdendo participação no mercado nacional. No primeiro trimestre de 2017 os emplacamentos de carros da marca somaram 58,8 mil unidades, com apenas 12,8% de market share.

Entre dezembro de 2016 e janeiro deste ano 615 trabalhadores da Volkswagen na região aderiram a um Plano de Demissão Voluntária (PDV). Pelo acordo coletivo aprovado para 2017 com validade até 2022, a empresa se comprometeu a não demitir, além de implementar ações de flexibilidade, banco de horas, otimização de custos, entre outras medidas.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência