Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Eaton e Cummins unem forças em joint venture

Powertrain | 13/04/2017 | 20h0

Eaton e Cummins unem forças em joint venture

Empresas vão desenvolver e produzir transmissões automatizadas

REDAÇÃO AB

A fabricante de motores diesel Cummins vai pagar US$ 600 milhões à Eaton, que fornece transmissões, para juntas abrirem uma unidade de desenvolvimento, produção e venda de transmissões automatizadas para veículos comerciais médios e pesados. O acordo de criação da joint venture, com a sociedade em partes iguais entre as duas companhias, foi anunciado na terça-feira, 11, mas ainda depende de aprovações regulamentares. A expectativa é de que a transação seja concluída no terceiro trimestre deste ano, segundo comunicado divulgado pelas empresas.

Chamada oficialmente Eaton Cummins Tecnologias de Transmissão Automatizada, a joint venture será administrada em conjunto pelas duas companhias. Além do desenvolvimento de novos produtos, a unidade vai comercializar e apoiar a geração atual de transmissões automatizadas pesadas fornecidas pela Eaton a fabricantes de caminhões e ônibus na América do Norte. O Procision, nome comercial do atual câmbio automatizado de médio porte da Eaton, e a próxima geração de transmissões automatizadas para o segmento de veículos pesados também farão parte do portfólio da nova unidade.

A associação estende um longo histórico de parcerias entre as duas companhias. Cummins e Eaton já desenvolveram diversos projetos em conjunto. Exemplo disso é o SmartAdvantage, powertrain completo lançado nos Estados Unidos em 2013 pelas duas empresas, considerado o mais econômico na indústria de caminhões, com sistema que compartilha dados críticos como peso e torque para aumentar a eficiência do veículo. Também existe colaboração no Brasil: há cerca de um ano as fabricantes projetaram em conjunto a transmissão automatizada Torqhift, incorporada primeiro pela linha de caminhões Cargo da Ford.

POWERTRAIN COMPLETO

A Cummins vai contabilizar os resultados da associação como parte do seu segmento de negócios de componentes. “Nossa estratégia de crescimento inclui expandir a oferta de produtos e ampliar nossa presença global, nos tornando líderes mundiais no fornecimento de powertrain”, justificou Tom Linebarger, presidente e CEO global da Cummins. “Nossa joint venture com a Eaton vai oferecer as transmissões automatizadas mais avançadas do mercado e desenvolver um sistema integrado de powertrain e rede de serviço que suporte nossos clientes como nunca visto antes”, acrescentou.

“Os clientes estão focados em soluções de powertrain que ofereçam as melhores combinações de tecnologia, performance e qualidade”, disse Craig Arnold, presidente e CEO global da Eaton. “Nossa joint venture com a Cummins vai impulsionar as forças técnicas e a experiência de duas empresas líderes no mercado com histórias longas e uma profunda expertise do setor para fornecer tecnologia de transmissão automatizada superior para nossos clientes globais.”

Continuarão sob administração exclusiva do Grupo Veículos da Eaton os negócios globais de transmissões manuais e embreagens, transmissões para comerciais leves e máquinas agrícolas, bem como os serviços de transporte automotivo de médio e alto rendimento fora da América do Norte.

Tags: Eaton Cummins, motores, transmissões automatizadas, joint venture, associação, caminhões, ônibus, veículos comerciais.


Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
AB Inteligência