Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Financiamentos de novos recuam 6,5% até março

Crédito | 13/04/2017 | 15h22

Financiamentos de novos recuam 6,5% até março

Na contramão, usados reportam crescimento de 15,6% no mesmo período

REDAÇÃO AB

O volume de financiamentos de veículos novos recuou 6,5% no acumulado de janeiro a março quando comparado com iguais meses do ano passado: foram 257,2 mil unidades contra as 275,1 mil de um ano antes, volume que considera automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus e não inclui motocicletas. Os dados foram divulgados na quinta-feira, 13, pela B3, que deriva da fusão entre a BM&FBovespa e a Cetip e que continuará a operar o sistema nacional de gravames, cadastro das restrições financeiras de veículos.


- Veja aqui os dados da B3
- Veja aqui outros dados de financiamentos de veículos
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência

Mais uma vez o índice negativo para o setor se deve à influência do segmento de veículos comerciais pesados, que inclui caminhões e ônibus, e cujos financiamentos caíram 22,3% no mesmo comparativo anual, para pouco mais de 11,4 mil unidades. Ambos os mercados seguem em queda livre (leia aqui e aqui).

Já em leves, que considera automóveis e comerciais leves, as vendas financiadas diminuíram apenas 5,6%, para 245,8 mil unidades.

Na contramão, os veículos usados continuam reportando desempenho melhor nos níveis de financiamentos. Entre janeiro e março, as vendas financiadas para esta categoria atingiram as 763,5 mil unidades leves e pesadas, aumento de 15,6% sobre as 660,4 mil de mesmo período de 2016. O mercado de usados reportou aumento de 10% de suas vendas durante os três primeiros meses do ano (leia aqui).

Entre as modalidades de crédito para a compra de veículos, o CDC – crédito direto ao consumidor – permanece como a preferida dos consumidores e empresas, respondendo por quase 83% de todas as transações realizadas no primeiro trimestre, concentrando mais de 1 milhão de contratos, um crescimento de 10,8% sobre o volume financiado há um ano. Neste caso, a B3 considera todas os segmentos de veículos, entre leves, pesados e motocicletas. Os consórcios estão em segundo lugar, com 15% das opções de crédito, que representa 181,5 mil unidades, queda de 5,2%. O leasing com apenas 0,8% de participação recuou mais de 30% ao financiar 10,1 mil veículos.

Para dados de crédito detalhados para o setor de motocicletas, leia aqui.



Tags: Financiamentos, Cetip, B3, BM&FBovespa, crédito, CDC, consórcio, leasing.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência