Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Autopeças anotam US$ 1,05 bi de déficit

Balanço | 21/03/2017 | 18h25

Autopeças anotam US$ 1,05 bi de déficit

Importações cresceram 22,2% sobre o primeiro bimestre de 2016

MÁRIO CURCIO, AB

O déficit na balança comercial de autopeças no primeiro bimestre de 2017 somou US$ 1,05 bilhão, superando em 46,3% o valor observado nos dois primeiros meses do ano passado. As exportações no período atingiram US$ 933,1 milhões e cresceram apenas 3%.

As importações registraram US$ 1,98 bilhão e avançaram 22,2%. Chama a atenção o fato de a China ter voltado ao segundo posto entre os fornecedores de autopeças ao Brasil. Ela tomou novamente o lugar da Alemanha e está atrás somente dos Estados Unidos.

Os números foram divulgados pelo Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças).

- Veja aqui o estudo do Sindipeças
- Veja outros resultados, estudos e estatísticas em AB Inteligência

O aumento das exportações foi possível sobretudo por causa do crescimento de vendas para Argentina e Estados Unidos, maiores parceiros comerciais. Já os embarques para a Alemanha, que é o quarto maior destino dos componentes brasileiros, recuaram 7,5%.

Ainda de acordo com o Sindipeças, o crescimento nas compras externas ocorreu pelo aumento das transações com Estados Unidos (43,7% no confronto com o primeiro bimestre de 2016) e China (47,7% pela mesma comparação). Também aumentaram de maneira expressiva as importações de autopeças da Coreia do Sul e do México.



Tags: Autopeças, Sindipeças, déficit, balança comercial, exportações, importações.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência