Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Transportes | 21/03/2017 | 16h45

VW Truck & Bus cresceu 3% em 2016

Bom desempenho na Europa compensou dificuldades no Brasil

REDAÇÃO AB

A VW Truck & Bus, que reúne as marcas MAN, Scania, Volkswagen Caminhões e Ônibus, totalizou 184 mil veículos entregues em 2016, registrando alta de 3%. Apesar do mau desempenho no Brasil, a companhia conseguiu crescer: “Graças à nossa força na Europa em particular, conseguimos compensar deficiências em mercados pontuais”, afirma o CEO da VW Truck & Bus, Andreas Renschler.

Os negócios com caminhões médios e pesados apresentaram melhora de 2% sobre 2015. MAN, Scania e Volkswagen Caminhões e Ônibus venderam cerca de 165,8 mil unidades.

Na Europa Ocidental, as marcas da Volkswagen Truck & Bus anotaram alta de 9% sobre 2015 por causa da recuperação econômica da região, com destaque para Itália, França e Holanda. As vendas de caminhões nas regiões central e oriental do continente aumentaram significativamente, 21%, contrastando com a situação do Brasil, com 16,3 mil caminhões e queda de 24%.

Os negócios com ônibus tiveram bom desempenho para o grupo em 2016. Com 17,8 mil unidades, as marcas pertencentes à Volkswagen Truck & Bus venderam cerca de 4% mais do que no ano anterior.

A MAN Truck & Bus informou vendas totais para 2016 de 83,2 mil veículos, crescendo 5%. A Scania repassou 81,4 mil caminhões e ônibus, anotando acréscimo de 6% no mesmo período.

Devido à difícil situação econômica no Brasil, a Volkswagen Caminhões e Ônibus viu suas vendas caírem em 17%, para 20,4 mil.



Tags: VW, Truck & Bus, Volkswagen Caminhões e ônibus, Andreas Renschler.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência