Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Usiminas cria inspeção adicional para aço veicular
Inspeção de bobinas na Usiminas (Foto: Marco Mendes)

Insumos | 14/03/2017 | 19h33

Usiminas cria inspeção adicional para aço veicular

Processo eleva rigor na produção da matéria-prima de peças de segurança

REDAÇÃO AB

A Usiminas desenvolveu um processo adicional de inspeção de aço veicular destinado à fabricação de autopeças e conjuntos críticos, que compõem sistemas tais como longarinas, amortecedores, rodas, travessas, para-choques e tanques de combustível. Com o processo de segurança de produto, a siderúrgica, que é uma das maiores fornecedoras de aço para a indústria automotiva no Brasil, visa garantir o máximo de rigor na produção a fim de minimizar a possibilidade de essas peças apresentarem algum tipo de falha.

Para efetivar o processo, o cliente deve informar à siderúrgica na ordem de compras que o aço será utilizado na fabricação de peças de segurança. Caso seja o primeiro fornecimento para a montadora ou empresa fabricante de autopeças, a Usiminas bloqueará o pedido até que o controle integrado das usinas de Ipatinga ou Cubatão elabore um projeto de qualidade que definirá detalhes do processo de produção do aço.

Por meio da identificação do pedido, a Usiminas avalia e controla os riscos a partir da FMEA (Análise de Modos de Falhas e Efeitos). “Esse projeto só poderá ser aprovado e liberado para produção depois da realização de um contato formal com o cliente, em que deverão ser explicitados os riscos residuais inerentes ao fornecimento do produto”, afirma o especialista de assistência técnica da Usiminas, Marcus Vinícius Gravina Souza.

Os riscos residuais são aqueles que permanecem mesmo após o aço passar por todas as ações que controlam a qualidade, casos em que podem surgir defeitos superficiais, por exemplo, que de alguma forma afetam a espessura do aço, como arranhões, e que podem comprometer a fabricação e o desempenho à fadiga das peças. “Por meio dessa comunicação transparente, o processo de segurança do produto da Usiminas utiliza a informação como prática preventiva, possibilitando que os clientes determinem ou reforcem suas próprias ações de controle, se julgarem necessárias”, completa Souza.

Uma vez aprovado o projeto e sua produção, o próximo passo é comunicar todos os postos de trabalho que possam afetar a qualidade do produto a informação de que um aço destinado à fabricação de uma peça de segurança está sendo produzido – como na programação de corridas, chances de laminação, fichas de inspeção e liberação de teste mecânico. “Além disso, toda a documentação associada ao fornecimento enviada ao cliente, como confirmação de encomenda, etiqueta de produto e certificado de inspeção, estará identificada com um símbolo que confirma que o pedido foi aceito, produzido e fornecido para atendimento a requisitos de segurança”, confirma o executivo.

“Um processo bem consolidado como este desenvolvido pela Usiminas demanda alta competência técnica e integração das equipes, incluindo um cuidado bastante minucioso na elaboração do projeto de qualidade do produto e do acompanhamento da produção em todas as suas etapas”, complementa o gerente-geral de atendimento ao cliente, garantia da qualidade e produto da Usiminas, Eduardo Côrtes Sarmento.



Tags: Usiminas, inspeção, aço, segurança.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência