Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Crédito para veículos começa o ano em marcha lenta

Financeiras | 13/03/2017 | 18h54

Crédito para veículos começa o ano em marcha lenta

Recursos liberados em janeiro recuam 10% sobre dezembro, aponta Anef

REDAÇÃO AB

Acompanhando a lentidão da demanda de veículos, o total de crédito liberado para a aquisição de veículos recuou 10% em janeiro na comparação com dezembro, para R$ 7,3 bilhões, segundo os dados mais recentes divulgados pela Anef, associação que reúne os bancos das montadoras no Brasil. Contudo, na comparação com janeiro de 2016, houve aumento de 19,4%.

-Veja aqui os dados de janeiro da Anef
-Veja aqui outros dados de crédito e financiamentos de veículos
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência.

Deste total, quase a totalidade, cerca de R$ 7,2 bilhões, foi destinada aos financiamentos, enquanto os R$ 104 milhões restantes foram para o leasing, cujas operações tiveram queda de 47,2%. De acordo com a entidade, foram R$ 6,6 bilhões para pessoas físicas e R$ 606 milhões para as jurídicas.

“A queda no volume de negócios já era esperada: janeiro costuma ser um mês fraco para o comércio de automóveis devido a uma série de fatores como férias escolares, chegada de despesas sazonais como IPVA, IPTU e outros, como material escolar. Além disso, muitas pessoas costumam trocar seu veículo em dezembro, aproveitando as promoções oferecidas pelas concessionárias no fim de ano”, avalia o presidente da Anef, Gilson Carvalho.

O executivo aponta ainda que o mercado deverá repetir o ritmo de 2016 neste primeiro semestre, com tendência de leve recuperação na segunda metade do ano. “O nível de confiança da população deve aumentar diante das medidas adotadas pelo governo. Por isso, acreditamos que o volume de negócios ainda vai aumentar”, aposta.

Ainda de acordo com os dados da Anef, a taxa de inadimplência registrada em janeiro ficou estável, sendo 4,6% para pessoas físicas e 3,8% para jurídicas.

Os bancos de montadoras apontam que em janeiro, suas taxas de juros continuaram menores que as praticadas pelo mercado: ficaram em 23,28% ao ano e 1,76% ao mês, enquanto os bancos comerciais registraram 26,20% e 1,96%, respectivamente.



Tags: Crédito, recursos, Anef, inadimplência.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência