Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Implementos anotam queda de 30,4% no bimestre

Mercado | 08/03/2017 | 12h30

Implementos anotam queda de 30,4% no bimestre

Anfir avalia que sinais de recuperação só surgirão após abril

REDAÇÃO AB

As vendas de implementos rodoviários vêm seguindo a par e passo a profunda retração do mercado nacional de caminhões, que no primeiro bimestre do ano já recuou quase 33% em relação ao já muito fraco mesmo período de 2016. No caso dos veículos rebocados (carretas) e implementações de carrocerias sobre chassis, a queda acumulada de janeiro e fevereiro é de 30,4%, com o emplacamento de apenas 6.619 unidades nos dois primeiros meses de 2017, segundo dados compilados pela Anfir, associação que reúne as empresas fabricantes do setor.

- Veja aqui os dados de emplacamentos da Anfir no 1º bimestre
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência

Para a Anfir, os primeiros sinais de recuperação para o setor deverão surgir somente depois do primeiro quadrimestre, como efeito da colheita da supersafra (estimada em quase 220 milhões de toneladas de grãos), além da esperada retomada da atividade econômica nas cidades, que poderá mostrar números positivos até o fim do primeiro semestre.

“O transporte da safra brasileira de grãos deverá trazer algum alento à indústria”, acredita Alcides Braga, presidente da Anfir. Nesse caso, segundo Braga, os efeitos positivos seriam sentidos, mesmo que timidamente, no segmento de implementos pesados (reboques e semirreboques). “Asd implementações de carrocerias sobre chassis poderão melhorar a partir de julho, se houver a esperada retomada da atividade econômica também nos centros urbanos”, avalia.

A Anfir projeta que o setor fabricante de implementos rodoviários poderá fechar o ano com desempenho positivo em torno de 10%. “Há uma longa lista de investimentos públicos e privados que tem sido divulgada desde janeiro e que poderá também trazer efeitos positivos para o setor”, destaca Mario Rinaldi, diretor Executivo da entidade.

SEGMENTOS

O segmento de implementos pesados (reboques e semirreboques) recuou 22,5% no primeiro bimestre de 2017 com relação ao mesmo período do ano passado. Foram emplacadas 2.753 carretas, contra 3.552 no mesmo exercício de 2016.

Já as implementações de carrocerias sobre chassis de caminhões registraram queda maior, de 35,15% na comparação com janeiro e fevereiro de 2016. Foram entregues ao mercado 3.866 produtos, ante 5.961 no mesmo período do ano passado.

Tags: Implementos rodoviários, veículos rebocados, carretas, Anfir, mercado, vendas, projeções, resultado, primeiro bimestre 2017.


Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência