Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Segurança | 06/03/2017 | 16h37

Ford se sai melhor que GM em crash test na Índia

Chevrolet Enjoy é avaliado com a pior nota em proteção de adultos

REDAÇÃO AB

Na primeira bateria de crash test realizado na Índia neste 2017, o Global NCAP concedeu três estrelas para o Ford Aspire (nova geração do modelo Figo), na avaliação de proteção de adultos e duas estrelas para a proteção de crianças. Semelhante ao Ka vendido no Brasil e na Europa, o Aspire é oferecido no mercado indiano com airbag duplo na versão mais básica. Por sua vez, o Chevrolet Enjoy, minivan da General Motors, que passou pelo mesmo teste recebeu zero estrela, numa escala de zero a cinco, sendo cinco a melhor nota possível. O veículo da GM, que não possui airbags, ofereceu pouca segurança para ocupantes adultos. Já para proteção de ocupante criança no assento traseiro, o modelo levou duas estrelas. Por padrão, o Global NCAP avalia o modelo mais básico oferecido pelas marcas e os avalia a partir de um teste de colisão frontal a uma velocidade constante de 64 km/h.

“O resultado de três estrelas da Ford mostra que os níveis básicos de segurança são possivelmente atingidos como padrão no mercado de veículos indiano. Também é encorajador ver o seu progresso em segurança na comparação com sua versão anterior, o Figo, testado em 2014”, declara o secretário-geral da Global NCAP, David Ward. “Por outro lado, estamos extremamente preocupados com o resultado do Chevrolet Enjoy. Não há nada a se aproveitar de uma pontuação zero de segurança. A GM deve estar envergonhada pelo nível inadequado de proteção dos carros que está vendendo para os consumidores indianos”.

O secretário lembrou que no relatório de sustentabilidade da GM de 2015, a presidente e CEO global Mary Barra havia assumido um compromisso de que a montadora seria líder em segurança dos veículos, além de afirmar que qualidade e segurança para a GM “são compromissos fundamentais nunca comprometidos”. “Infelizmente, a segurança do Chevrolet Enjoy está claramente comprometida e este carro zero estrela prova que as belas palavras de Mary Barra ainda não se traduziram em ação na Índia”.

Na Índia, as estatísticas oficias revelam que velocidade é o fator que mais causa a morte de pessoas em acidentes rodoviários. Em 2015, mais de 63% do total de 1,46 milhão de acidentes fatais ocorreram em rodovias federais e estaduais.

“Os fabricantes de veículos hoje devem adotar a filosofia global da abordagem de sistemas seguros, cujo processo reflete que, mesmo que ocorram falhas, os usuários não devem morrer ou ficar seriamente feridos. Isto é particularmente importante para o cenário indiano”, disse o presidente do Instituto de Educação no Tráfego na Índia, Rohit Baluja.

“Em 2014, no nosso primeiro ano de testes na Índia, o Ford Figo marcou zero estrelas, este ano, o quarto ano de testes, ele marcou três estrelas. Com isto, a Ford tem demonstrado que o progresso é possível e importante e que é este avanço que vai salvar vidas na Índia. Outros fabricantes também foram impulsionados pelo programa Safer Cars for India para melhorar a segurança dos consumidores indianos, embora infelizmente alguns, como a GM, ainda não intensificaram estas ações. Estou certo de que a Bharat NCAP continuará a estabelecer as normas de segurança necessárias de acordo com os princípios estabelecidos pelo Global NCAP, a fim de promover melhorias na segurança para o mercado de veículos da Índia”, conclui.

Veja abaixo os crash tests de Ford Aspire e Chevrolet Enjoy vendidos na Índia:





Tags: Ford, GM, General Motors, Global NCAP, Chevrolet Enjoy, Ford Aspire.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência