Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Internacional | 01/03/2017 | 20h16

Europa testará projeto de conectividade nas estradas

Montadoras e Telecom apresentam roteiro de implantação a partir de 2017

REDAÇÃO AB

A Aliança Europeia Automotiva e de Telecom (EATA, na sigla em inglês) apresentou os próximos passos para tornar a conectividade nas estradas uma realidade na União Europeia. O projeto denominado Concorda inclui um roteiro de implantação de conexão e posteriormente de condução autônoma em todo o continente, orçado em € 48 milhões, dos quais € 24 milhões foram solicitados via financiamento pela Connected Europe Facility (CEF), instrumento financeiro da União Europeia para apoiar redes e infraestruturas nos setores de transporte, telecomunicações e de energia.

Tal iniciativa, que aproveita as tecnologias mais recentes, visa a oferta de transporte mais limpo, inteligente e seguro por parte de todos os países membros da UE. Para isto, a aliança assinou um memorando de entendimento com a 5G Automotive Association, entidade que reúne empresas de diferentes ramos tecnológicos e automotivos com o propósito de desenvolver, testar e promover soluções de comunicação, como condução autônoma e acesso a serviços que possam atender as necessidades de segurança rodoviária e da mobilidade urbana com a integração de cidades e transporte inteligentes.

No roteiro de implantação estão previstos testes das funcionalidades de conexão já a partir deste ano em cinco países: Alemanha, Bélgica, França, Espanha e Países Baixos. Serão testadas aplicações como comboio de caminhões conectados e funcionalidades de rede de telecomunicações, incluindo corte de rede, comunicações híbridas e transmissão LTE. A partir de 2018, as funcionalidades como condução autônoma será o foco dos testes nas rodovias fronteiriças de toda a União Europeia.

A EATA salientou que além deste roteiro promovido pelo setor privado, um ambiente regulador de suporte é essencial para o desenvolvimento e aceitação da condução conectada e autônoma. Para a entidade, a confiança, a segurança e a defesa do consumidor estão no cerne dos esforços da indústria para garantir a aceitação de seus novos produtos. Neste contexto, serviços inovadores e análise de dados serão as forças motrizes da conectividade e automação de automóveis, entretanto, para a EATA a UE deve evitar uma regulamentação excessiva da privacidade a fim de garantir o fluxo eficaz dos dados.



Tags: Conectividade, Europa, estradas, tecnologias, condução autônoma.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência