Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Carreira | 23/02/2017 | 11h50

Carlos Ghosn passa o bastão de CEO da Nissan

Brasileiro dará ênfase à Aliança, que inclui também Renault e Mitsubishi

REDAÇÃO AB

O brasileiro Carlos Ghosn deixará o cargo de CEO da Nissan Motor em 1º de abril. Ele será substituído por Hiroto Saikawa, mas permanece como presidente do conselho administrativo das três empresas da Aliança, que em outubro adquiriu 34% de participação acionária da Mitsubishi (veja aqui).

“Tendo recentemente assumido novas responsabilidades na Mitsubishi Motors, e tendo em consideração a próxima reunião geral de acionistas da Nissan, decidi que é o momento certo para Hiroto Saikawa me substituir na Nissan”, disse Ghosn em comunicado. Saikawa havia sido nomeado coexecutivo-chefe da Nissan após a aquisição da fatia da Mitsubishi.

Ghosn nasceu em Guajará-Mirim, em Rondônia, em março de 1954. Estudou no Líbano e na França. “Nunca fui um aluno medíocre”, disse certa vez em uma entrevista. Atuou na fabricante de pneus Michelin por 18 anos e ingressou na Renault em 1996. Em 1999, ano da formação da Aliança Renault-Nissan, conseguiu evitar a falência da empresa japonesa.


Hiroto Saikawa substitui Ghosn como CEO da Nissan.

Tags: Carlos Ghosn, Nissan, Renault, Mitsubishi.


Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência