Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Tecnologia | 22/02/2017 | 17h50

Para inovar, ZF vira parceira de aceleradora do Vale do Silício

Com Plug & Play, sistemista pretende se aproximar de startups

REDAÇÃO AB

A ZF deu mais um passo para acelerar seus processos de inovação e estabeleceu parceria com a Plug & Play, uma das grandes aceleradoras do Vale do Silício, nos Estados Unidos, focada em apoiar e investir no desenvolvimento de startups. Com a colaboração, a sistemista pretende se aproximar destes novos negócios, principalmente das iniciativas ligadas à inovação e disrupção na área da mobilidade conectada.

Próxima do universo da tecnologia, a ZF admite a possibilidade de investir nas empresas mais promissoras, acelerando também a oferta de novas soluções em seu portfólio. “Expandir nossas parcerias com startups emergentes em paralelo aos nossos parceiros tradicionais nos ajudará a entregar valor agregado a nossos consumidores por meio de produtos e serviços aprimorados”, destaca em comunicado Mamatha Chamarthi, chefe da área digital da sistemista.

A ZF enfatiza que a parceria com a aceleradora é mais uma prova de que a digitalização é levada a sério dentro da empresa. Com o movimento, a companhia alemã se junta ao grupo de companhias do setor automotivo que estão estreitando laços com a área de tecnologia e se aproximando de startups com foco em inovação aberta.

Fundada em 2006, a Plug & Play apoia mais de 100 startups por ano de vários segmentos de negócio. Mais de 8 mil empresas já passaram por programas de aceleração oferecidos ali, incluindo negócios de grande sucesso global, como Dropbox e Paypal.



Tags: ZF, Plug & Play, aceleradora, startup, inovação.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência