Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Vendas do Grupo VW recuam 4% em janeiro

Balanço | 17/02/2017 | 17h31

Vendas do Grupo VW recuam 4% em janeiro

Forte retração no mercado chinês impactou resultados do grupo

REDAÇÃO AB

O Grupo VW entregou em todo o mundo em janeiro 813,7 mil veículos, registrando queda de 4% ante os mesmos meses de 2016. A retração foi especialmente motivada pela Ásia Pacífico, que teve vendas totais de 368 mil veículos e queda de 13,9%. O grupo aponta como motivos as comemorações pelo ano-novo chinês e, ainda nesse mercado, o aumento de impostos sobre veículos de baixa cilindrada e a uma redução temporária de entregas pela Audi decorrente do planejamento em concessionárias.

“Mesmo assim, esperamos manter um crescimento saudável na China este ano”, afirma o líder de vendas do Grupo VW, Fred Kappler. Em outras grandes regiões a companhia conseguiu crescer, até mesmo na América do Sul, onde os 39,6 mil veículos resultaram em alta de 8,6%, apesar da dificuldade que ainda afeta o Brasil (que entregou 19,3 mil veículos e recuou 18%).

Na América do Norte foram entregues 66,6 mil veículos, alta de 9%. O bom resultado foi motivado pelos Estados Unidos, que absorveram 41,5 mil unidades.

O mercado europeu como um todo adquiriu 312,9 mil veículos e cresceu 7%. Os países ocidentais compraram 262,9 mil veículos e cresceram 5,8%. A região central e o leste europeu assimilaram 50 mil veículos do Grupo VW e cresceram 13,6%. Na Rússia, que teve um período crítico para as vendas do Grupo, os 9,8 mil veículos entregues em janeiro permitiram discreta alta de 1,3% sobre o mesmo mês de 2016.

DESEMPENHO POR MARCA

Como reflexo do ano-novo chinês, a marca Volkswagen registrou queda de 4,9% em janeiro ao vender 495,9 mil veículos. As dificuldades daquele mercado impactaram ainda mais a Audi, que entregou 124 mil veículos e recuou 13,5% ante janeiro de 2016. Da Skoda foram repassados 93,8 mil veículos, resultando em pequena alta de 2,4%.

Embora com menor volume que a Skoda, a Seat cresceu mais em janeiro, 16,5%, ao entregar 32,3 mil veículos. A Porsche registrou estabilidade em janeiro ao vender 20 mil carros no primeiro mês de 2017.

A divisão VW Veículos Comerciais começou bem o ano ao entregar 35 mil unidades, anotando alta de 12,1%. A Scania entregou 5,5 mil veículos comerciais e cresceu 3,3%. A MAN, no entanto, encolheu 5% em relação a janeiro de 2016 por ter entregue 6,4 mil veículos.

Veja o mapa com as vendas do Grupo VW em janeiro de 2017:



Tags: VW, Grupo VW, Audi, Skoda, Seat, Scania, MAN, Porsche, Fred Kappler.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência