Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Joerg Hoffman deixa a Audi Brasil
Hoffman trouxe a Audi de volta à condição de montadora em 2015 com A3 sedã

Carreira | 15/02/2017 | 17h20

Joerg Hoffman deixa a Audi Brasil

Promovido, o executivo agora é vice-presidente de vendas Overseas

REDAÇÃO AB

Joerg Hoffman foi promovido dentro do Grupo Volkswagen e está deixando a presidência da Audi Brasil. O executivo vai assumir a vice-presidência de vendas da Audi Overseas, macrorregião que inclui países da África, Oriente Médio e Ásia-Pacífico.

Quem o substitui no País é Johannes Roscheck, que já havia atuado no Brasil dentro do Grupo VW entre 1997 e 2001. Depois disso retornou à Europa, onde liderou o departamento financeiro da Audi na Hungria. Nos anos recentes foi um dos fundadores de uma empresa de consultoria do setor automotivo com sede em Curitiba (PR).

Hoffman assumiu a Audi Brasil em setembro de 2013 e em 2015 trouxe a empresa de volta à condição de fabricante de veículos no Brasil. Como se sabe, a Audi monta o A3 sedã e o utilitário esportivo Q3 em São José dos Pinhais (PR), ao lado dos Volkswagen Fox e Golf.

Desde a chegada de Hoffman até 2015 a Audi subiu da 19ª para a 14ª posição entre as marcas com maior volume de vendas no País e do terceiro para o primeiro posto no segmento premium, superando BMW e Mercedes-Benz. Em 2015 também atingiu o próprio recorde de unidades emplacadas no País, 17,5 mil.

Em 2016 suas vendas recuaram 33,9% como consequência da crise econômica. Foram 11,6 mil unidades. No ranking geral caiu para o 15º posto e entre as premium passou ao segundo lugar, mas mesmo assim ficou apenas 258 carros atrás da BMW.



Tags: Audi, Joerg Hoffman, Johannes Roscheck, BMW, Mercedes, Grupo VW, Volkswagen, Fox, Golf.


Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
AB Inteligência