Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Balanço | 07/02/2017 | 17h36

Déficit das autopeças soma US$ 5,3 bi em 2016

Câmbio, economia e problemas na Argentina prejudicaram balança comercial

MÁRIO CURCIO, AB

A balança comercial de autopeças fechou 2016 com déficit de US$ 5,3 bilhões, um saldo 6% inferior ao registrado em 2015. Os fabricantes enviaram US$ 6,57 bilhões em produtos para o exterior, mas trouxeram US$ 11,82 bilhões.

Segundo o Sindipeças, entidade que reúne fabricantes do setor, a valorização da taxa de câmbio efetiva real da produção de veículos, o ambiente econômico e as dificuldades enfrentadas pela Argentina (principal destino dos componentes brasileiros) ajudam a explicar o porquê de as exportações recuarem de forma mais intensa do que as importações em 2016.

- Veja aqui o estudo do Sindipeças.
- Veja aqui outras estatísticas em nossa página AB Inteligência.

As exportações recuaram 13,5% em relação a 2015. Destacam-se os casos da Argentina (-25,1%), México (-13,4%), Estados Unidos (-13,1%) e Alemanha (-10,2%), países que representam mais de 60% do total dos embarques. Por outro lado, destinos menos representativos como Tailândia, Suécia, França, Itália e Hungria anotaram crescimento e revelam o esforço das empresas em ampliar seus mercados. Os três principais compradores das autopeças brasileiras foram Argentina (US$ 1,84 bilhão), Estados Unidos (US$ 1,06 bilhão) e México (US$ 618 milhões).

As importações anotaram recuo de 9,8% como consequência da fraca demanda interna de veículos. As compras provenientes de vários mercados registraram queda de dois dígitos, como por exemplo Coreia do Sul (-27,3%), Japão (-26,2%), Índia (-24,6%), Itália (-14,2%), China (-12,5), Argentina (-11,9%) e Tailândia (-11,8%).

Os Estados Unidos fecharam 2016 como o maior fornecedor ao Brasil (US$ 1,66 bilhão em componentes enviados). Na disputa entre Alemanha e China pelo segundo lugar, o país europeu levou pequena vantagem e fechou o ano com US$ 1,24 bilhão em itens enviados, ante US$ 1,2 bilhão dos chineses.



Tags: Autopeças, Sindipeças, déficit, balança comercial, exportações, importações.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência