Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Para inovar, Ford se alia a startups no Brasil

Tecnologia | 03/02/2017 | 19h59

Para inovar, Ford se alia a startups no Brasil

Companhia participa da Campus Party e foca na oferta de serviços ao mercado

GIOVANNA RIATO, AB

Por mais um ano a Ford participou da Campus Party, principal evento de tecnologia e empreendedorismo do país, que acontece em São Paulo até sábado, 4. A presença de uma montadora de veículos destoa no evento, que reúne majoritariamente o público jovem e geek, justamente aquele que parece pouco interessado em ter um carro. O objetivo da marca, no entanto, é justamente se inserir neste contexto e tirar dali boas ideias e soluções para os negócios. “A indústria automotiva faz uma coisa muito bem há 100 anos. Isso não quer dizer que continuaremos assim por mais 100”, resumiu Luciano Driemier, gerente de estratégia de produto da companhia.

A aposta da Ford para os próximos é clara. Além de continuar fazendo o que trouxe a companhia até aqui, eles planejam ofensiva no setor da mobilidade. Além de vender carros, a empresa quer oferecer serviços para o crescente público sem interesse em investir em um ativo que vai passar a maior parte do tempo parado na garagem. “O mercado global de veículos gera receitas anuais de US$ 3 trilhões e nós participamos dele. A questão é que há um mercado de serviços de transportes, com faturamento de US$ 5 trilhões e a Ford não tem nenhuma participação nele neste momento”, avalia Walter Pelizzari, gerente de estratégia da montadora.

PERTO DAS STARTUPS PARA GANHAR AGILIDADE

Para dar uma guinada na área de serviços, a companhia vem intensificando as parcerias com startups e empreendedores. “Estas empresas nos trazem agilidade e uma visão diferente, ajudam a enxergar coisas que, sozinhos, não detectaríamos. É uma troca muito grande e vantajosa para os dois lados”, diz Walter. Na prática, qualquer empresa que tenha um aplicativo já no mercado com potencial para ser instalado em carros pode usar a plataforma de APIs da Ford, que serve para que startups desenvolvam aplicativos para o sistema de multimídia Sync que a marca oferece em seus veículos.

Depois de adaptados para funcionar nos automóveis, os programas vão para a AppLink, a loja de apps da Ford. “Já são oferecidas lá 16 soluções brasileiras, como o TouchPizza, para pedir pizza no caminho para casa, e o Filho Sem Fila, para facilitar o momento em que os pais buscam as crianças na escola”, conta. Outras soluções bem sucedidas no sistema são o LetsPark, que busca vagas de estacionamento, e o WiiMove, plataforma de mobilidade inteligente que promete melhorar o transporte de pessoas para o trabalho.

Como parte do plano para intensificar a parceria com estas pequenas empresas, em 2017 a Ford decidiu fazer diferente do que nos outros anos na Campus Party. No lugar de realizar novamente hackathons, as maratonas de programação, a empresa apostou em workshops para mostrar aos empreendedores como usar a plataforma de APIs. “Estamos aqui na Campus Party para expandir o nosso novo negócio na área de serviços, conversar e nos aproximar de desenvolvedores”, resume Marcel Bueno, gerente de marketing da Ford.



Tags: Ford, inovação, startup, Campus Party.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência