Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Thyssenkrupp ergue nova fábrica na China

Internacional | 30/01/2017 | 13h00

Thyssenkrupp ergue nova fábrica na China

Unidade de 150 mil m² e € 200 milhões fará sistemas de direção em Changzou

REDAÇÃO AB

A Thyssenkrupp está construindo em Changzou, na China, uma grande fábrica para produção de sistemas de direção. Em uma estrutura de 150 mil metros quadrados, a nova planta produzirá componentes de direção e sistemas completos de direção elétrica para atender aos mercados chinês e internacional.

Na primeira etapa do projeto serão investidos € 200 milhões. A capacidade inicial instalada é de 4 milhões de sistemas de direção elétrica por ano. Segundo a Thyssenkrupp, o início da operação está previsto para este ano.

“Oferecemos sistemas de direção elétrica para carros de passeio e vans. Ao longo do último e do atual ano fiscal recebemos pedidos que somaram cerca de € 8 bilhões somente para essa tecnologia de direção, o que nos deu condições de expandir nossa rede de produção na América do Norte, Europa e Ásia”, explica o CEO global da divisão Components Technology da Thyssenkrupp, Karsten Kroos.

Segundo a empresa, a operação da nova unidade utilizará recursos que permitirão a troca automática e permanente de informações entre produtos, maquinário e um sistema central de controle de processos com base no conceito de indústria 4.0. A digitalização aumentará a produtividade da planta e a qualidade dos componentes e sistemas fabricados no local.

Ainda de acordo com a Thyssenkrupp, a fábrica chinesa nascerá integrada às demais plantas de sistemas de direção ao redor do mundo, incluindo a unidade brasileira em São José dos Pinhais (PR).



Tags: Thyssenkrupp, Changzou, direção elétrica, Karsten Kroos.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência