Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Produção de motocicletas deve voltar a crescer em 2017

Duas Rodas | 18/01/2017 | 18h34

Produção de motocicletas deve voltar a crescer em 2017

Mercado interno, no entanto, tende a seguir em contração

REDAÇÃO AB

A Abraciclo espera que o setor de duas rodas enfim volte a crescer em 2017 – ao menos quando se trata de produção e exportações. A projeção da entidade é de leve aumento de 2,5% no ritmo das fábricas nacionais de motocicletas, para 910 mil unidades. O avanço será puxado pelas vendas a outros países, que tendem a evoluir 57,6% e alcançar a marca de 93 mil veículos.

No mercado interno, no entanto, o movimento deve ser de nova contração. A Abraciclo trabalha com cenário de queda de 1,1% nas vendas no varejo, para 890 mil unidades. No atacado a redução deve ser maior, de 3,8% para 825 mil unidades. “O segmento de motocicletas sofreu com as incertezas da política durante todo o ano de 2016. Diante de um mercado mais cauteloso, para 2017, o setor projeta atingir resultados semelhantes ao do ano anterior, mantendo-se estável”, avalia em comunicado Marcos Fermanian, presidente da entidade.

ANO NO MENOR PATAMAR DESDE 2002

Os resultados de 2016 mostram retrocesso ao patamar de 2002 na produção de motocicletas. As fábricas nacionais do segmento fizeram 887,6 mil unidades, com redução de 29,7% na comparação com o resultado de 2015. Em dezembro a produção alcançou 32,8 mil motos, com baixa de 35,2% sobre o mesmo mês do ano anterior e de 53,3% na comparação com o resultado de novembro.

Ao longo de 2016, as vendas no atacado, das montadoras para as concessionárias, encolheram 27,9%, para 858,1 mil unidades. No último mês do ano, foram negociadas 56,1 mil motocicletas, com redução de 18,9% na comparação anual e de 5,4% na mensal.

O dado positivo veio das exportações, que cresceram 7,7% no último mês do ano passado sobre o resultado registrado um ano antes e expressivos 61,8% quando o volume é comparado com o resultado de novembro. O aumento, no entanto, não bastou para salvar o desempenho de 2016, que terminou com baixa de 14,6% nas vendas internacionais de motocicletas, com 59 mil unidades nacionais vendidas em outros países.



Tags: motos, motocicleta, Abraciclo, vendas, produção, exportação.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência