Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Eventos | 17/01/2017 | 17h22

MAN e Mercedes-Benz confirmam participação na Fenatran 2017

DAF e Volvo, as duas únicas presentes na última edição, também participarão

SUELI REIS, AB

A edição de 2017 da Fenatran, Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas, já tem confirmada a participação de quatro montadoras de caminhões: DAF e Volvo, as duas únicas presentes na última edição, estarão ao lado de MAN e Mercedes-Benz, que voltam à feira após a ausência em 2015 (leia aqui).

Outras empresas ainda estão em fase de negociação com a Reed Alcântara Machado, organizadora do evento: caso de Ford, Iveco, Scania e Grupo PSA, este último focado em uma ofensiva no segmento de utilitários e comerciais leves (leia aqui).

Além das fabricantes de caminhões, as empresas da indústria de implementos também estão negociando sua participação na feira, como a Randon, Guerra, Noma, Librelato, Facchini e Truckvan, entre outras.

Considerada a maior do setor na América Latina, a feira bi-anual chega à sua 21ª edição com perspectivas positivas para o segmento:

“Em 2016 o mercado de caminhões teve uma queda importante, na ordem de 30%, e uma capacidade ociosa acima dos 75%, mas começamos a ver os primeiros sinais de retomada, de estabilização. As nossas projeções apontam um crescimento de 6,5% no segmento pesado, de caminhões e ônibus, uma retomada que será leve e mais para frente, não neste começo de ano”, afirmou o presidente da Anfavea, Antonio Megale, na terça-feira, 17, durante coletiva de imprensa para o lançamento da Fenatran 2017.

O evento que ocorre entre 16 e 20 de outubro também ganhou casa nova: desta vez será realizado no São Paulo Expo, mesmo pavilhão que abrigou o último Salão do Automóvel de São Paulo.

O retorno de importantes players do mercado de veículos pesados à Fenatran denota a esperança das marcas em um cenário melhor que o do ano passado. Além disso, dados da última edição da feira, realizada em 2015, quando apenas duas montadoras estavam presentes, reforçam a importância de se fazer presente e de ser vista em um evento 100% B2B.

Segundo os números apresentados pelo vice-presidente executivo da Reed Exhibitions, Paulo Octávio, 98% dos visitantes consideraram a Fenatran como o principal evento do setor; 82% disseram que pretendiam retornar na edição de 2017, enquanto 77% afirmaram que não visitam nenhum outro evento relacionado ao setor. Mais de 70% dos visitantes da feira em 2015 eram formados por operadores logísticos, empresas transportadoras, distribuidores e autônomos.

ESPERANÇA NA RETOMADA

Segundo Megale, há perspectivas de crescimento para o PIB neste ano, índice econômico intimamente atrelado à movimentação de carga no País: “Ainda que seja uma projeção pequena, vemos previsões cada vez melhores e a feira será importante na época em que vai acontecer: já teremos uma boa ideia do que terá sido o desempenho do setor no ano. Como se trata de uma feira de negócios, acredito que as vendas sejam incrementadas com ajuda deste evento, que acredito, será a melhor Fenatran de todos os tempos, com a certeza de que no ano que vem teremos uma trajetória mais robusta de crescimento e este setor voltará aos seus dias de glória”, disse.

Ele acrescentou que nestes primeiros dias de janeiro as vendas no mercado geral de veículos estão dentro do previsto pela entidade: “Janeiro é historicamente um mês mais fraco, mas está alinhado e dentro das nossas previsões”, reforça, sem citar números.

A associação das montadoras espera que as vendas de pesados neste ano volte a crescer após 3 anos seguidos de queda (leia aqui).

OPORTUNIDADES

A Fenatran serve de palco para mostrar as principais novidades e lançamentos para o segmento de transporte de carga, entre veículos e serviços. Com isto, a Anfir, associação das fabricantes de implementos, pretende fazer da Fenatran um dos pontos de encontro com potenciais compradores de outros países em conjunto com a Apex-Brasil, Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos:

“Como ação adicional, queremos trazer este grupo como parte do nosso programa de fomento às exportações que estamos fazendo em parceria com a Apex, que vai investir R$ 2 milhões nos próximos dois anos neste programa, que passa a ser uma agenda definitiva para ajudar a fechar os negócios”, afirma o presidente da Anfir, Alcides Braga. O executivo avalia como positiva a participação das empresas do ramo no evento: “Na última edição [2015] foram 39 expositores do setor e tivemos um bom resultado econômico.”

Para atrair ainda mais a atenção dos visitantes e possíveis clientes, a edição deste ano contará com ações já conhecidas, como o Fenatran Experience, teste-drive de caminhões feito na área externa do pavilhão, sendo que a organizadora ainda está em fase de negociação com as montadoras que devem participar da ação; e o Congresso Fenatran, que trará debates com especialistas do mercado. Já entre as novidades estão o Premium Club Plus, um programa de vantagens para visitantes selecionados; o Encontro de Negócios, um espaço para a realização de rodadas de negócios exclusivo para visitantes participantes do Premium Club e expositores pré-selecionados, e a Ilha do Conhecimento, um espaço direcionado para a divulgação de informações técnicas do setor de transporte de cargas para todos os visitantes do evento com palestras gratuitas.

A 21ª Fenatran também abrigará pela primeira vez a Movimat, Salão Internacional da Logística Integrada, tradicional feira da cadeia logística e que agora passa a ter a Reed Alcântara como organizadora. O evento também terá sua versão de test-drive e da Ilha do Conhecimento.



Tags: MAN, Mercedes-Benz, Fenatran, DAF, Volvo.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência