Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Cetesb inaugura laboratório diesel de R$ 12 milhões

Motores | 16/01/2017 | 17h55

Cetesb inaugura laboratório diesel de R$ 12 milhões

Centro é inaugurado em São Bernardo com recursos de acordo judicial

REDAÇÃO AB

Texto atualizado em 18/01 às 11:40

Um novo laboratório de emissões para veículos diesel foi inaugurado na terça-feira, 17, em São Bernardo do Campo (SP) pela Cetesb, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo. O empreendimento recebeu investimento de R$ 12 milhões bancados por fabricantes e importadores de veículos, representados pela Anfavea e Abeifa, como resultado de parte do acordo judicial firmado com a Cetesb, Ministério Público Federal (MPF), Ibama e Agência Nacional do Petróleo (ANP). Por não terem conseguido homologar em tempo os motores Euro 4 no País, para adoção da tecnologia a partir de 2009, no fim de 2008 as montadoras firmaram acordo com o MPF para a doação do laboratório e promoção de campanha educativa.

Segundo a Cetesb, o novo laboratório vai realizar pesquisas sobre emissões de motores diesel para dar subsídios ao governo na formulação de políticas públicas de controle da poluição veicular. Nas bancadas de testes, os técnicos poderão analisar a concentração de poluentes emitidos como de monóxido de carbono (CO), hidrocarbonetos (HC), óxidos de nitrogênio (NOx), dióxido de carbono (CO2), material particulado (MP) e amônia (NH3), para avaliar a qualidade dos motores nacionais e importados de veículos que rodam no Estado.

O laboratório tem área total de 663 metros quadrados e está instalado em terreno de 15 mil m2, onde já funcionam duas agências ambientais da Cetesb que atuam na região do Grande ABC.



Tags: Cetesb, emissões, diesel, laboratório, São Bernardo do Campo.

Comentários

  • Jhonata Rafael Nery Sobrinho

    Parabéns pelo investimento, creio que será primordial essas pesquisas para o controle de emissões para veículos a Diesel.

  • Marco Antonio Buzzo

    Importantíssimo, pesquisa é o futuro, porém o diesel tem se mostrado muito ineficiente na questão meio ambiente apesar de tudo que tem sido feito, quando polui pouco o engenho mecânico fica pouco durável ou de baixa qualidade técnica. Importante novas matrizes energéticas, novos engenhos menos problemáticos e mais duradouros ou senão o nem tão bom mais velho diesel vai estar com seus dias contados antes do Euro X

  • Ibrahim

    Parabéns pela iniciativa! Agora teremos o know How para os procedimentos de ensaios e equipamentos atuais para sevir toda a indústria, consumidores e jornalistas. Parabéns.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência