NOTÍCIAS
05/01/2017 | 19h11

Mercado

Anfavea prevê alta de 13% para máquinas em 2017

Segmento agrícola reage e impulsiona resultado para o ano


SUELI REIS, AB

Com a expectativa de uma boa safra, a Anfavea prevê um 2017 positivo para o setor de máquinas agrícolas, cujas projeções apontam para vendas de 49,5 mil unidades, crescimento de 13% com relação ao resultado de 2016, quando o setor atingiu as 42,8 mil unidades entregues ao atacado. Embora este volume represente queda de 4,8% sobre o ano anterior, o segmento reagiu e nos últimos seis meses vem apresentando um desempenho considerado positivo pelas fabricantes, sinalizando continuação deste cenário nos próximos 12 meses.

-Veja aqui os dados da Anfavea
-Leia também: Veja os resultados do setor automotivo em 2016


“Houve uma confirmação da tendência de crescimento em patamares aceitáveis para a atual produtividade brasileira, com o início de uma boa trajetória de vendas na metade de 2016, mas que não foi suficiente para evitar a queda no ano. A expectativa para 2017 é que o desempenho seja melhor”, afirma a vice-presidente da entidade, Ana Helena de Andrade, durante a divulgação dos resultados na quinta-feira, 5, em São Paulo.

O presidente da Anfavea, Antonio Megale, ressalta que o segmento agrícola é que impulsionou o bom resultado dos últimos meses, diferente do segmento de construção (máquinas rodoviárias), que sofreu quedas importantes, como a de 20% nos tratores de esteira e de 40% em retroescavadeiras. “As máquinas agrícolas é que fizeram a diferença: o agronegócio segue com expectativa positiva devido à boa projeção para a próxima safra de grãos e também pelos bons preços praticados para as commodities pelo mercado. Já as de construção é um setor que está parado; depende de investimentos em infraestrutura, que estão retraídos por conta dos limites dos gastos de estados e municípios”, argumenta.

O resultado de dezembro surpreendeu ao registrar alta expressiva de 84% sobre igual mês de 2015. Segundo Ana Helena, isto não teve relação com o anúncio do governo já no fim de 2016 que prevê realocar R$ 2 bilhões em recursos para a linha de financiamento Moderfrota (leia aqui).

“Este crescimento se deve a um dezembro de 2015 extremamente ruim e pelo fato de que não houve falta de recursos, como já aconteceu em outros dezembros. De fato, houve um retorno dos investimentos por parte dos agricultores. O governo também já sinalizou que o Pronaf [programa destinado à agricultura familiar] será retomado já no próximo dia 9 de janeiro; e o Moderfrota, com este reforço de recursos, vai permitir que as vendas avancem ao longo dos primeiros meses deste ano”, explica.

As exportações, que fecharam o ano passado com variação negativa de 5,7%, para 9,6 mil unidades, devem crescer 6% em 2017, para algo como 10,2 mil máquinas, estimam as fabricantes.

Acompanhando a alta do mercado e das exportações, a Anfavea espera acelerar as atividades nas fábricas e aumentar em 10,7% a produção do segmento em 2017, com um volume total de 59,6 mil máquinas. Em 2016, as linhas produziram pouco mais de 57 mil máquinas, queda de 4,1% no comparativo anual.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 22/02/2017
Com Duster e o novo Captur, francesa aproveita maré alta dos SUVs

Esta coluna é apoiada por:

DE CARRO POR AÍ | 24/02/2017
Marca apresentará dia 15 sua picape mexicana no Brasil
AUTOINFORME | 22/02/2017
Carro tem a preferência sobre todos os outros modais
QUALIDADE | 13/02/2017
Indústria automotiva precisa começar a pensar na retomada
INOVAÇÃO | 13/02/2017
Precisamos de bons exemplos que marcaram a história pela capacidade de ousar e criar
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
O mundo está em transformação e é melhor ser parte da mudança do que esperar ela acontecer
DISTRIBUIÇÃO | 09/08/2016
Crise pode reduzir negócios no pós-venda ou ser oportunidade para manter clientes mais próximos
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes