Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Metalúrgicos da Fiat aprovam acordo salarial em Betim
Parte dos trabalhadores da Fiat aprova acordo de reajuste salarial durante assembleia realizada em clube dos metalúrgicos

Trabalho | 15/12/2016 | 12h48

Metalúrgicos da Fiat aprovam acordo salarial em Betim

Funcionários terão reajuste de 9% a partir de janeiro mais abono retroativo
REDAÇÃO AB

Os metalúrgicos da fábrica da Fiat em Betim (MG) aprovaram em assembleia realizada no último domingo, 11, o acordo salarial negociado entre o sindicato local e a direção da montadora. Pelo acordo, os trabalhadores terão reajuste de 9% dos salários a partir de 1º de janeiro de 2017, além de garantia de emprego ou salário até 31 de janeiro e a renovação do acordo de revezamento de turnos pelo período de um ano.

O valor do reajuste será aplicado para aqueles que recebem até R$ 6.224. Para os funcionários que têm salários acima deste valor, será acrescido a quantia de R$ 560,16 também a partir do primeiro dia do próximo ano.

Também foi acordado um abono no valor de R$ 1.092 para compensar o período retroativo entre outubro e dezembro deste ano e que será pago até o dia 2 de janeiro. O piso salarial na empresa será reajustado em 9,15% retroativo a 1º de outubro. O abono terá valor proporcional para os demitidos neste mesmo intervalo.

“É um acordo que tem um valor econômico muito superior ao que será praticado, por exemplo, pela Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) de todo o estado de Minas Gerais, além das datas de pagamento também serem melhores”, destaca o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região, João Alves de Almeida.

Segundo Almeida, no caso da Fiat, se fosse aplicada CCT aprovada na Fiemg, a diferença do reajuste de outubro a dezembro deste ano seria paga no dia 30 de dezembro, enquanto o acordo negociado em separado pelo sindicato garantiu ao empregado da montadora receber no dia 2 de janeiro um abono superior a essa diferença.

Além disso, pelo acordo com a Fiat, os 9% de reajuste serão pagos a partir de janeiro, ao passo que pelo reajuste acertado na Fiemg, os metalúrgicos das demais empresas terão o reajuste dividido em três parcelas: 6% em janeiro, 2% em fevereiro e mais um 1% em março.

Tags: Fiat, metalúrgicos, acordo salarial, reajuste, emprego, Betim.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
AB Inteligência