Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Vendas de implementos recuam 30% até novembro

Mercado | 08/12/2016 | 18h22

Vendas de implementos recuam 30% até novembro

Anfir estima recuperação das perdas dos últimos 2 anos só no fim de 2017

REDAÇÃO AB

As vendas de implementos rodoviários recuaram 30,6% no acumulado entre janeiro e novembro na comparação com iguais meses de 2015, de acordo com dados divulgados na quinta-feira, 8, pela Anfir, associação que reúne as fabricantes no Brasil. Foram emplacadas 56.734 unidades contra as 81.766 de um ano antes.

O pior desempenho veio da categoria leve, de carrocerias sobre chassis, cuja queda chegou a 35,3% no comparativo anual, para pouco mais de 35,2 mil unidades. No ano passado, este volume foi de 54,5 mil.

O segmento de pesados – reboques e semirreboques – também registrou queda importante no comparativo anual, de 21%: foram 21,4 mil sobre as 27,2 mil. Em novembro, registrou recorde negativo com a entrega de 1,4 mil unidades.

“Sem uma alteração nas regras de financiamento para 2017 será muito difícil para a indústria aproveitar qualquer sinal de aquecimento da economia”, avalia o presidente da entidade, Alcides Braga.

Apesar disso, a associação entende que mesmo com a adoção imediata de novas regras para financiamento de bens de capital os resultados positivos demorariam a aparecer. “A venda de implemento rodoviário é uma operação que naturalmente demanda tempo. Por ser bem de capital o cliente precisa pesar com precisão a necessidade de realmente adquirir produtos novos”, argumenta o diretor executivo da Anfir, Mario Rinaldi.

Dessa forma, considerando que o reaquecimento da economia tende a ser naturalmente lento, a entidade estima que a recuperação das perdas dos últimos dois anos (2015 e 2016) só deverá ter início a partir do final do primeiro semestre de 2017.



Tags: Implementos, vendas, Anfir, Alcides Braga.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência