Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
PSA investirá US$ 320 milhões na Argentina
Presidente da PSA Peugeot Citroën DS para a América Latina, Carlos Gomes, anuncia investimento ao presidente argentino, Mauricio Macri

Indústria | 08/12/2016 | 13h56

PSA investirá US$ 320 milhões na Argentina

Planta de El Palomar produzirá nova plataforma CMP a partir de 2019

REDAÇÃO AB

O Grupo PSA investirá US$ 320 milhões na Argentina para produzir sua nova plataforma modular CMP (Common Modular Plataform), como parte de sua estratégia regional em fabricar apenas modelos sobre esta mesma base a fim de reduzir a complexidade e os custos das unidades produtivas da região (leia aqui). O anúncio foi feito pelo presidente do grupo na América Latina, Carlos Gomes, ao presidente argentino Mauricio Macri na última terça-feira, 6, em Buenos Aires.

O primeiro veículo sob esta nova base está previsto para 2019 e será destinado tanto para o mercado local como para exportação.

A empresa vem trabalhando há mais de um ano no planejamento de transformação da fábrica de El Palomar, localizada na região metropolitana da capital argentina, com o objetivo de transformá-la em uma referência mundial de produção para o grupo. Neste período, já adotou ações que, segundo a própria PSA, começaram a dar resultado. Em dezembro de 2015, a montadora comprou uma fábrica local de estamparia, além de iniciar a implementação do full kitting (nova metodologia de abastecimento de peças na borda da linha de montagem), processo que já está em curso na unidade brasileira de Porto Real (RJ) e que auxilia nos ganhos de flexibilidade, agilidade e competitividade.

Essa transformação da PSA na Argentina inclui ainda a criação de um futuro parque de fornecedores em Tres de Febrero, também na capital Buenos Aires, além de um aumento significativo da integração local, a fim de impulsionar a cadeia de fornecedores argentinos.

A produção local da plataforma CMP permitirá a produção de uma gama completa de modelos das marcas Peugeot, Citroën e DS, fazendo da planta de El Palomar parte do programa global da companhia, podendo realizar lançamentos sincronizados com o resto do mundo. A plataforma também é conhecida internamente como multienergética, uma vez que esta mesma base está sendo utilizada pela PSA em parceria com a Dongfeng para um projeto de linha de veículos com propulsão alternativa aos motores de combustão interna. O objetivo de ambas é lançar até quatro carros elétricos até 2021 (leia aqui).

Tags: PSA, Peugeot, Citroën, investimento, Argentina, plataforma modular, CMP.


Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência