Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

| 19/11/2008 | 00h00

Inspeção veicular inibe retirada do catalisador

A partir de 2009 todos os veículos a diesel, gasolina, álcool e gás natural (inclusive motocicletas) deverão passar pela Inspeção Técnica Veicular.

Automotive Business

A partir de 2009 todos os veículos a diesel, gasolina, álcool e gás natural (inclusive motocicletas) deverão passar pela Inspeção Técnica Veicular. O veículo que não realizar a inspeção não poderá ser licenciado no ano seguinte e está sujeito a multa no valor de R$ 550,00. Em 2008, a inspeção é obrigatória apenas para os veículos movidos a diesel e caminhões. “A ITV é uma necessidade imediata para melhorar a qualidade de vida na cidade de São Paulo. Está prevista por lei, e todos os procedimentos adotados seguem resoluções e legislações específicas, além de ser realizada por profissionais treinados” – afirma Valdecir Rebelatto, gerente de engenharia e qualidade da Mastra Escapamentos e Catalisadores. Ele explica que a exigência da inspeção para veículos leves fará com que o motorista tenha que manter a originalidade do sistema de exaustão para aprovação na inspeção veicular. Ele entende que a manutenção preventiva é o grande segredo de economia para o bolso dos proprietários dos veículos. Um exemplo disso é a troca do catalisador inoperante. O catalisador com problemas de funcionamento aumenta em até 10% o consumo de combustível. Conforme estudo do Sindicato de Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de São Paulo (Sindirepa), o catalisador inoperante, por conta de quebra, derretimento ou entupimento, aumenta o consumo de combustível, que em um ano pode chegar a mais de R$ 500.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência