NOTÍCIAS
23/11/2016 | 16h31

Internacional

Volkswagen não venderá mais carros a diesel nos EUA

Mercedes também estuda descontinuar a oferta de modelos com o combustível


REDAÇÃO AB

O carro a diesel sofreu golpe duro com o dieselgate, escândalo provocado pela fraude no controle de emissões de 11 milhões de automóveis com produzidos pelo Grupo Volkswagen. Enquanto ainda trabalha para compensar os efeitos do problema, a companhia declarou que não venderá mais carros com a tecnologia nos Estados Unidos.

A confirmação veio do CEO da marca, Herbert Diess e colocou fim aos boatos de que a Volkswagen voltaria a oferecer automóveis a diesel no país depois que o escândalo fosse esquecido. O anúncio contradiz a afirmação feita pela empresa em setembro, durante o Salão do Automóvel de Paris. No evento o próprio Diess declarou à imprensa que a montadora não estava pronta para abandonar a tecnologia diesel, que continuaria no portfólio da marca nos Estados Unidos.

O dieselgate foi revelado em setembro do ano passado. Para remediar os efeitos da trapaça, a Volkswagen concordou em pagar US$ 14,7 bilhões em multas e compensações apenas nos Estados Unidos, onde foram vendidos 475 mil carros que poluíam mais do que o permitido.

MERCEDES-BENZ TAMBÉM PODE DESISTIR DO DIESEL NOS EUA

A Mercedes-Benz está distante de qualquer suspeita de trapaça no nível de emissões de seus carros a diesel. Ainda assim, a empresa também considera suspender as vendas de modelos com a tecnologia nos Estados Unidos. A companhia trabalha para conseguir homologação para vender ali alguns automóveis que já estavam programados. O processo, no entanto, ficou mais lento e rigoroso por causa do deiselgate.

Dessa forma, a companhia ainda avalia se continuará com a mesma estratégia no médio e longo prazo. Antes de tomar a decisão, a montadora faz pesquisa de mercado no país para entender se há demanda. “Temos que olhar para isso e entender se faz sentido oferecer carros a diesel no futuro. Não chegamos a uma conclusão ainda”, contou Matthias Luehrs, vice-presidente de vendas da Mercedes-Benz nos Estados Unidos. O executivo assume que desistir de vender carros a diesel no país é uma opção, já que a procura por esse tipo de veículo está em queda. A decisão deve ser tomada em 2017.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 20/09/2017
Salão de Frankfurt mostra que evolução da mobilidade também atrai público

Esta coluna é apoiada por:

Documento sem título
Advertisement Advertisement Advertisement
DE CARRO POR AÍ | 22/09/2017
Leve renovação exterior com adição de sistemas de segurança
AUTOINFORME | 21/09/2017
Empresa se prepara para grandes mudanças na indústria
INOVAÇÃO | 15/08/2017
Indústria automotiva precisa abrir os olhos para novas formas de trabalhar
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
Negócios | 08/03/2017
Tecnologia faz parte da receita para sair da crise
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes