Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Vendas de caminhões aprofundam queda

Mercado | 01/11/2016 | 19h57

Vendas de caminhões aprofundam queda

Em outubro foram emplacados apenas 3,4 mil veículos, com baixa de 17,7%

GIOVANNA RIATO, AB

Os ambiente de negócios segue desafiador para o setor de caminhões, que acumulou outra queda importante nas vendas em outubro. Foram emplacadas apenas 3,4 mil unidades, com redução de 17,7% sobre o mês anterior. Os dados do Renavam divulgados pela Fenabrave, entidade dos distribuidores de veículos, apontam que a baixa foi de 40,9% quando a comparação é feita com o mesmo período de 2015.

-Veja aqui os dados da Fenabrave
-Leia também: Vendas de veículos frustram expectativas em outubro


A redução é um balde de água fria para o setor, que chegou a comemorar o resultado de setembro, quando as vendas, apesar de contraídas, pareciam ter se estabilizado no patamar de 4 mil unidades mensais. “O clima é mais positivo, o telefone voltou a tocar”, chegou a dizer Luiz Carlos de Morais, vice-presidente da Anfavea, ao comentar os resultados do período.

Com a performance decepcionante de outubro, o tombo das vendas de caminhões no acumulado do ano segue grande. Nos primeiros 10 meses de 2016 os negócios somaram 42 mil unidades, com retração de 31,8%. Pelo ritmo do mercado, os números estão longe de convergir para a projeção da Fenabrave de que serão vendidos 51,3 mil caminhões até o fechamento do ano, que terminaria com queda de 28,5% sobre o resultado de 2015.



Tags: caminhões, vendas, mercado, projeção, Fenabrave.

Comentários

  • Marcos Antonio

    O número deve rondar os 48.800.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência