Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Grupo VW vendeu 7,6 milhões de veículos no ano

Balanço | 14/10/2016 | 18h41

Grupo VW vendeu 7,6 milhões de veículos no ano

Marca-mãe tem desempenho prejudicado por Brasil e Estados Unidos

REDAÇÃO AB

O Grupo VW vendeu em todo o mundo de janeiro a setembro 7,6 milhões de veículos e obteve pequena alta de 2,4% sobre o mesmo período de 2015. Todas as marcas de automóveis registraram alta no somatório global. A marca-mãe, Volkswagen, cresceu apenas 0,6% como consequência de seu fraco desempenho no Brasil e nos Estados Unidos.

A Europa absorveu sozinha 3,18 milhões de veículos do Grupo VW, registrando alta de 3,5% sobre os mesmos nove meses de 2015. A Europa Ocidental adquiriu 2,7 milhões de unidades e cresceu 3%, ajudada por Espanha, Itália e França. O mercado doméstico, a Alemanha, absorveu 992 mil veículos do grupo e cresceu 2,1% sobre os mesmos meses de 2015.

A Região Central e o Leste Europeu anotaram 482,2 mil veículos e alta de 6,8%. O desempenho do mercado russo continua comprometido e as 120,4 mil unidades entregues até setembro resultaram em queda de 5,4% ante os mesmos meses de 2015.

Na América do Norte, os 685,8 mil veículos entregues pelo Grupo VW resultaram em ligeira queda de 1,1%. Nos Estados Unidos, os 426 mil veículos entregues pelo grupo anotaram queda de 6,1%.

A América do Sul registra o pior desempenho entre as macrorregiões, com 320 mil unidades e queda de 27,2%. O mau desempenho é puxado pelo Brasil, onde a entrega de 195,6 mil unidades resultou em queda de 36,6% ante o mesmo período do ano passado.

Situação oposta se vê na Ásia-Pacífico, em que os 3,1 milhões de veículos entregues até setembro registram crecimento de 8,1% sobre o mesmo período de 2015. Sozinha, a China adquiriu 2,85 milhões de unidades e cresceu 10,7% sobre os mesmos meses de 2015.

DESEMPENHO POR MARCA

No acumulado até setembro a marca Volkswagen repassou 4,37 milhões de veículos e anotou crescimento inferior a 1%. Foi prejudicada, sobretudo, pela crise econômica brasileira e, nos Estados Unidos, pelo dieselgate.

Com 1,4 milhão de veículos no período até setembro, a Audi cresceu 4,5% sobre os mesmos nove meses de 2015. A Porsche registrou 178,3 mil veículos e leve alta de 3%. A marca tcheca Skoda registrou 840,9 mil unidades entregues e crescimento de 6,2%. A espanhola Seat continua com volume e crescimento modestos: 312,9 mil veículos em todo o ano e alta de 1,5%.

A divisão Volkswagen Veículos Comerciais registrou 350,8 mil unidades e alta de 9,1%. A fabricante de caminhões MAN, com 74,1 mil veículos, recuou 0,4%. A Scania, com 58,7 mil unidades, registrou alta de 6,9%.

Veja abaixo os números do grupo em setembro e no acumulado:




Tags: Volkswagen, Audi, Skoda, Seat, Porsche, MAN, Scania, Volkswagen Veículos Comerciais.

Comentários

  • Luc de Ferran

    Vejo uma performance em vendas de produtos bastante forte. Gostaria de ver neste mesmo contexto, como foi a performance financeira. Lucros e investimentos para Produtos e Manufatura. Interessa também, comparar com outros fabricantes (e lucros) em vários países.

  • Mário Curcio

    Saudações, sr. Luc. No link a seguir tem um balanço publicado pela companhia e as consequências do impacto do dieselgate: http://automotivebusiness.com.br/noticia/24361/lucro-do-grupo-volkswagen-cai-368-no-semestre

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência