Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Fortaleza já tem frota compartilhada de carros elétricos

Mobilidade | 11/10/2016 | 18h44

Fortaleza já tem frota compartilhada de carros elétricos

Capital cearense conta com quatro estações e oito veículos no sistema Vamo

REDAÇÃO AB

Depois de iniciativas pontuais com carros elétricos em algumas cidades do Sul e Sudeste do Brasil, agora é a vez de uma capital nordestina fazer sua investida na mobilidade zero emissão. Desde o fim de junho está em operação em Fortaleza (CE) o sistema de compartilhamento de automóveis Vamo, de Veículos Alternativos para Mobilidade. Depois dos primeiros meses, o programa começa a tomar corpo. Nesta fase, o projeto conta com quatro estações em funcionamento e oito carros. Um quinto ponto de entrega e retirada dos automóveis deve começar a operar em breve.

As unidades são dos modelos chineses Zhi Dou, do Xindayang Group, e E6, da BYD. Os dois carros são totalmente elétricos. A ideia é que o programa chegue a 20 veículos, com 12 estações de compartilhamento espalhadas pela cidade. A iniciativa pretende espalhar o modelo de car sharing e reduzir o impacto ambiental do uso de automóveis em Fortaleza, que já tem frota superior a 1 milhão de veículos.

O programa é fruto de parceria entre a Hapvida Saúde, que investiu R$ 7 milhões no Vamo, com a Prefeitura de Fortaleza e a Sarttel, responsável pela operação e manutenção do sistema. Para usar o serviço, basta se cadastrar no site. Depois de verificar as informações, a Sarttel entrará em contato com o condutor para agendar a retirada do carro. O preço é fixado em R$ 20 para a primeira meia hora com o automóvel. Depois deste período o cálculo é feito por minuto.



Tags: carro elétrico, Fortaleza, Vamo, compartilhado.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência