Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Nissan traz GT-R, esportivo de R$ 900 mil
Nissan espera vender no Brasil cerca de 10 unidades por ano do ''Godzilla''

Lançamentos | 27/09/2016 | 18h36

Nissan traz GT-R, esportivo de R$ 900 mil

Cupê produzido em Tochigi, no Japão, recebe motor 3.8 V6 de 572 cavalos

MÁRIO CURCIO, AB

A Nissan traz ao Brasil pela primeira vez o esportivo GT-R, um belo cupê com motor 3.8 V6 e potência de 572 cavalos. O carro é conhecido entre os mais jovens como Godzilla, nome de um monstro criado pela indústria cinematográfica japonesa, e tem preço sugerido de R$ 900 mil. “Estimamos vender cerca de dez unidades por ano no Brasil”, afirma a gerente de marketing de produto Cristiane Sanches.

O modelo alcança os 313 km/h de velocidade máxima. A Nissan não divulga a aceleração de zero a 100 km/h, mas dá para estimar algo próximo a 3 segundos. O esportivo terá um SAC dedicado à sua venda e os pedidos poderão ser feitos em qualquer concessionária Nissan, mas a entrega ocorrerá sempre na revenda Carrera da Avenida Brasil, na capital paulista. Entre o pedido e a chegada o proprietário terá três a quatro meses para roer as unhas enquanto espera, ansioso, pelo novo brinquedo em sua garagem.

“A assistência será feita aqui na Carrera ou por um técnico enviado aonde estiver o carro”, afirma Cristiane. O GT-R mostrado na concessionária aos jornalistas já está vendido e há outros dois a caminho. O esportivo é montado na fábrica japonesa de Tochigi. Seus motores são produzidos por apenas cinco “takumis”, como são chamados os funcionários mais experientes.

Cada propulsor recebe uma plaqueta com o nome do profissional que o fabricou. Ele utiliza um revestimento especial nos cilindros que reduz o atrito, o peso e aumenta a capacidade de arrefecimento. Tem turbocompressores duplos e um sistema complexo de resfriamento do óleo lubrificante. O câmbio do GT-R é automático de dupla embreagem, com seis marchas. A tração é integral. De acordo com a Nissan, o modelo faz 5,9 km/l na cidade e 11,1 km/l na estrada.


Cupê leva quatro pessoas. Interior laranja, vermelho ou branco eleva o preço em R$ 20 mil. Motores são feitos por apenas cinco funcionários, que assinam a obra de arte. O da foto foi fabricado por Tetsushi Matsumoto, como se vê na plaqueta (fotos: Mário Curcio e divulgação).

Os bancos são do tipo concha e todo o revestimento interno em que haja couro e costuras é preparado por artesãos. Dá para pedir interior branco, vermelho ou laranja pagando R$ 20 mil a mais.

Nos carros trazidos (modelo 2017), o layout do painel central foi melhorado e simplificado. Em comparação com a versão anterior, o número de controles integrados de navegação e áudio foi reduzido de 27 para 11.

O display e os controles do sistema de navegação foram reposicionados para facilitar o uso e melhorar a visibilidade pelo motorista e pelo passageiro da frente. O navegador foi aperfeiçoado e utiliza tela de oito polegadas sensível ao toque, mas os comandos podem ser dados a partir de controles no console central. A disposição dos ícones na tela pode ser modificada de acordo com a preferência do motorista.

Para melhorar o conforto acústico o GT-R é dotado de um controle ativo de ruído. Microfones captam sons de baixa frequência e alto-falantes instalados na cabine produzem ondas sonoras de mesma amplitude para anular o barulho indesejável. Mas também há uma válvula eletrônica instalada no sistema de escape que permite aumentar ou diminuir a intensidade do som produzido pelo motor.

Com 4,7 metros de comprimento, o modelo tem 2,78 m de distância entre eixos, leva quatro pessoas 315 litros de bagagem. O esportivo está em sua sexta geração. A primeira surgiu em 1969 como Skyline GT-R. Tinha um motor 2.0 de seis cilindros em linha e 160 cv.



Tags: Nissan, GT-R, Skyline, Godzilla, Cristiane Sanches, takumis.

Comentários

  • Taiji

    EEE, saudades do meu.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência