Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Comerciais | 27/09/2016 | 15h54

Mercedes-Benz anuncia Fleetboard também para ônibus

Sistema de gestão de frota nasceu no segmento de caminhões da marca

REDAÇÃO AB

A Mercedes-Benz passa a oferecer o sistema de gestão de frota Fleetboard também para sua linha de ônibus no Brasil. O anúncio foi feito pelo vice-presidente de vendas, marketing, peças & serviços para o País, Roberto Leoncini, no IAA 2016, maior feira internacional de transportes que acontece até o dia 29 deste mês em Hannover, na Alemanha. Originalmente, o sistema é oferecido para toda a linha de caminhões da marca no mercado brasileiro.

“Mais de cinco mil caminhões circulam hoje nas estradas brasileiras equipados com o FleetBoard, sendo que aproximadamente a metade é da atual geração do produto, lançada há um ano”, informa o executivo. “A aprovação do mercado nos motiva a oferecer esta solução também para os frotistas de ônibus, que podem usar as diversas ferramentas do sistema para obter uma gestão moderna da frota, reduzindo custos operacionais, assim como para desfrutar de maior segurança do veículo”, completa.

Desenvolvida pela própria montadora, a atual geração do sistema foi lançada primeiramente no Brasil e agregou funções de rastreabilidade ao já conhecido sistema de gestão de frota da Daimler, pelo qual é possível rastrear e bloquear o veículo de forma remota, caso seja necessário. Integrada ao veículo e original de fábrica, essa tecnologia se baseia no conceito de telemetria que tem origem nas pistas de Fórmula 1, possibilitando maior controle e segurança nas operações de transporte das estradas, utilizando sistema de telemática com as facilidades da integração da informática com os recursos da Internet e da telefonia móvel. Ele é item de série para os caminhões Actros, Axor e Atego.

O sistema também gera relatórios com indicação de pontos de melhoria na condução a partir de uma avaliação do estilo de direção de cada motorista, fornecendo dados que ajudam o condutor do veículo a alcançar um melhor desempenho, dirigindo de uma forma mais econômica e segura, com menor consumo de combustível, ampliando também os intervalos entre as manutenções.

Entre os benefícios, há possibilidade de redução de até 15% dos custos operacionais, considerando consumo e manutenções. “Isso atende às expectativas das empresas de transporte, que se profissionalizam cada vez mais, buscando entender melhor sua frota a fim de otimizar os custos operacionais”, ressalta Leoncini.

O FleetBoard também está relacionado a uma evolução do “TCO – Total Cost of Ownership” ou Custo Total de Propriedade, conceito que vem assumindo relevância cada vez maior no segmento de caminhões no Brasil. Trata-se de uma ferramenta de gestão, já utilizada na Europa, que ajuda o administrador a reduzir os custos com o veículo considerando toda a sua vida útil, o que pode consequentemente aumentar os ganhos com o transporte. O TCO é um indicador financeiro que avalia aspectos bastante conhecidos, como os custos operacionais e as manutenções preventivas e corretivas. Envolve também as despesas com combustível, as eventuais paradas do veículo na oficina, custos fixos e administrativos e outros fatores.



Tags: Mercedes-Benz, ônibus, Fleetboard, gestão de frota, Roberto Leoncini, IAA Hannover.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência