Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
PDV em fábrica da Volkswagen no ABC tem 1.337 adesões
Com PDV, fábrica da VW Anchieta passou de 10,5 mil para 9,1 mil empregados

Trabalho | 22/09/2016 | 16h11

PDV em fábrica da Volkswagen no ABC tem 1.337 adesões

Apesar do resultado, excedente em SBC passa dos 2,2 mil empregados

REDAÇÃO AB

O PDV - Programa de Demissão Voluntária - aberto pela Volkswagen na fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP), resultou em 1.337 adesões durante o período de 4 de agosto a 12 de setembro, informa o sindicato dos metalúrgicos da região do ABC Paulista. O programa fez parte do acordo entre a montadora e a representação dos trabalhadores firmado no início de agosto, quando a empresa alegava o excedente de 3,6 mil funcionários em meio aos 10,5 mil empregados da fábrica paulista, responsável pela produção dos modelos Gol, Saveiro e Jetta. Com as demissões, a unidade está agora com 9,1 mil funcionários.

Pelo acordo, a montadora pagará aos funcionários que aderiram ao PDV o equivalente a 20 salários extras, além do pagamento de meio salário por cada ano trabalhado (leia aqui). Entre os demitidos, há funcionários tanto da produção quanto do departamento administrativo, embora o sindicato não saiba precisar a quantidade de cada um deles. O que se sabe é que para o setor administrativo, também tratado como horistas, a Volkswagen tinha meta de PDV para 325 pessoas, mas não havia meta de demissão para os funcionários das linhas de produção.

Contudo, apesar do total de adesões, o número de empregados excedentes ainda está acima das 2,2 mil pessoas. Sobre este volume, valerá o gerenciamento a partir de medidas como layoff e PPE – Programa de Proteção ao Emprego, conforme também havia sido acordado no mês passado.

De um grupo de 470 empregados que estava em férias coletivas, que termina no dia 3 de outubro, apenas 52 deles retornarão ao trabalho, enquanto os demais 418 entrarão em regime de layoff – suspensão temporária do contrato de trabalho que pode durar até cinco meses com parte do salário paga pelo governo.

O acordo firmado em agosto também previa a continuidade do PPE, que diminui carga horária e salários. No caso da VW Anchieta, a redução da jornada poderá chegar a 30% e a dos salários em 15% nesta renovação.



Tags: PDV, Programa de Demissão Voluntária, Volkswagen, empregados, fábrica, Anchieta, São Bernardo do Campo, sindicato, metalúrgicos.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência