Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
ZF fará novo câmbio automatizado no Brasil
Transmissão automatizada TraXon: ZF confirma produção no Brasil a partir de 2018

Autopeças | 22/09/2016 | 14h36

ZF fará novo câmbio automatizado no Brasil

Empresa anuncia investimento de R$ 30 milhões para nacionalizar

PEDRO KUTNEY, AB | De Hannover (Alemanha)

A ZF confirmou investimento adicional de R$ 30 milhões para fabricar no Brasil, em sua planta de Sorocaba (SP), duas novas transmissões automatizadas para caminhões: a TraXon para modelos pesados, conforme havia sido anunciado há dois anos, e a 9AS EcoTronic, para veículos médios e semipesados. Ambas terão cerca de 70% de componentes nacionais. O anúncio foi feito por Wilson Bricio, presidente da ZF América do Sul, durante o salão de veículos comerciais, o IAA, que acontece em Hannover, Alemanha, de 22 a 29 de setembro. No mesmo evento em 2014, a empresa tinha anunciado aporte de R$ 70 milhões para nacionalizar outro câmbio automatizado, o AS-Tronic, que já está em produção na planta brasileira.

“Com o sucesso do uso da nossa transmissão automatizada S-Tronic no Brasil, foi possível ir adiante com o investimento, mesmo com a expressiva queda do mercado. Já temos pedidos confirmados por alguns clientes, que deverão começar a usar as novas transmissões a partir de 2018”, explicou Bricio. Os investimentos serão feitos para adaptar as linhas de produção em Sorocaba.

A TraXon é a mais moderna caixa automatizada da ZF para caminhões pesados e tem configuração modular, podendo receber embreagem simples ou dupla e powertrain híbrido. No caso brasileiro, será nacionalizado primeiro o modelo de 16 marchas com embreagem simples, mas Bricio destaca que também existem interessados na versão de 12 velocidades da TraXon.

Já a 9AS EcoTronic, de nove marchas, já é fabricada em versão manual no Brasil e um aporte adicional de R$ 5 milhões do total investido será suficiente para nacionalizar a caixa. O lançamento deverá atender o maior uso de transmissões automatizadas no País, que começou com mais força nos em caminhões pesados – em alguns segmentos 100% dos veículos vendidos são automatizados – e agora essa tendência “desce” para modelos semipesados e médios. A ZF estima que até 2025 cerca de 70% das vendas de veículos comerciais no mercado brasileiro serão de unidades equipadas com transmissões automáticas ou automatizadas, graças a sensíveis reduções de consumo de combustível que são alcançadas na comparação com o câmbio manual, que podem superar os 15% em alguns casos.

“Em 2014 já sabíamos que essa era a tendência e por isso anunciamos o investimento na nacionalização de transmissões automatizadas”, diz Bricio. Com a entrada em produção das duas novas caixas, a ZF passará a fabricar no País quatro tipos de câmbios automatizados: além da TraXon de 16 velocidades (e possivelmente também 12) e da 9AS EcoTronic, já são oferecidas no mercado brasileiro a AS-Tronic de 16 marchas e a AS Light de seis, usada principalmente em ônibus.



Tags: ZF, transmissão automatizada, TraXon, EcoTronic, investimento, IAA Hannover, salão, exposição, evento, veículos comerciais, caminhões, ônibus, vans.


Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
AB Inteligência