Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Scania vê retomada a partir de 2017
Linha de montagem da Scania em São Bernardo do Campo (SP)

Mercado | 19/08/2016 | 18h41

Scania vê retomada a partir de 2017

Renovação de frota pode impulsionar o setor, desde que haja crédito

MÁRIO CURCIO, AB

A Scania acredita que a retomada dos negócios é possível em 2017. “Cremos no início da renovação daquelas frotas compradas quando o mercado estava aquecido”, afirma o gerente comercial da montadora, Wagner Tillmann, referindo-se especialmente ao período de 2011, quando muitos anteciparam a troca de seus caminhões antes da chegada dos modelos com tecnologia Euro 5 de controle de emissões.

“Mas isso vai depender também das condições de crédito, tanto do Finame, como do CDC”, recorda Tillmann.

A Scania atua com modelos de caminhões semipesados e pesados, cujas vendas no acumulado de janeiro a julho tiveram queda, respectivamente, de 38,9% e 8,9% no confronto com o mesmo período do ano passado, um ano bastante ruim. As vendas de chassis para ônibus Scania cresceram 9,2%, mas sobre uma base muito pequena, de 142 unidades.

Para o gerente comercial, a retomada deve demorar mais para os semipesados porque seus compradores têm maior dependência de crédito. O executivo recorda que o mercado externo tem ajudado a Scania do Brasil a atravessar o período atual: “Nossa produção mantém nível semelhante ao do ano passado por causa das exportações.” Segundo a Scania, esses embarques são feitos sobretudo para a América Latina (Chile e México são os dois maiores destinos), Ásia, África e Oriente Médio. “Temos facilidade de exportar para países que ainda utilizam motores Euro 3”, recorda o gerente comercial.

Nos últimos três anos o número de trabalhadores da montadora em São Bernardo do Campo (SP) diminuiu 18% e está em 3,1 mil funcionários. A empresa informa que não aderiu ao Programa de Proteção ao Emprego (PPE) e que não há Programas de Demissão Voluntária (PDVs) em curso nem trabalhadores em licença.



Tags: Scania, Wagner Tillmann, caminhões, chassis para ônibus, caminhões blindados, PDV, PPE, layoff.

Comentários

  • Robson lopes de almeida

    ESTOU na expectativa que melhore esse ano .para que eu possa ta voltando para a empresa , fui desligado desde 2014 me prometeram que eu retornaria

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência