Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Acordo entre Volkswagen e sindicato evita 3,6 mil demissões

Trabalho | 03/08/2016 | 17h01

Acordo entre Volkswagen e sindicato evita 3,6 mil demissões

Em negociação dura, ficou garantida estabilidade até 2021 no ABC

AGÊNCIA BRASIL

O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Paulista e a Volkswagen fecharam na terça-feira, 2, acordo para evitar a demissão de 3,6 mil metalúrgicos da fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. De acordo com o sindicato, esse número de funcionários era considerado excedente pela montadora.

O acordo valerá até 2021 e prevê a abertura de um Programa de Demissão Voluntária (PDV) e da utilização de instrumentos como o layoff (suspensão temporária de contratos de trabalho) e o Programa de Proteção ao Emprego (PPE).

Foram necessários mais de dois meses para chegar ao entendimento. “Foi a negociação mais difícil já conduzida com a Volkswagen, pois se deu em meio a uma conjuntura econômica muito complicada. Precisamos ajustar acordos que estavam em curso em função da queda na produção, que tem sido muito forte. Conseguimos melhorar bastante a proposta durante o processo, mantendo itens econômicos importantes e afastando o risco de demissão. Foi uma vitória”, disse o secretário-geral do sindicato, Wagner Santana.

DEMISSÕES VOLUNTÁRIAS

O PDV será aberto a partir de quinta-feira, 4, e é destinado aos trabalhadores da produção e mensalistas. Os funcionários poderão aderir ao programa até 30 de setembro. Após esse período, se ainda houver excedente, pode haver adesão ao PPE com a redução de até 30% da jornada de trabalho e de 15% nos salários. Se ainda assim houver excesso de mão de obra, trabalhadores serão colocados em layoff por até cinco meses e, após esse período, será feito o desligamento.

Segundo o sindicato, o acordo também prevê congelamento de salários pelos próximos cinco anos, apenas com a reposição da inflação no período. Em nota, a Volkswagen informou que considera a aprovação do acordo “um importante passo no aprimoramento das relações trabalhistas”.

“Empresa e sindicato chegaram nesta semana a uma proposta que garantiu o equilíbrio entre as necessidades do negócio e dos trabalhadores, com elementos que nos permitirão fazer frente aos desafios atuais, por meio de mecanismos de adequação das estruturas de custos e de efetivo da unidade Anchieta”, diz o comunicado da montadora.



Tags: Volkswagen, sindicato dos metalúrgicos, trabalhadores, acordo, funcionários.

Comentários

  • Erodes

    Salários congelados por 5 anos?? Na realidade não! Está escrito com reposição da inflação!

  • Almeida

    Como estabilidade até 2021, se esta escrito que pode haver desligamentos após 5 meses de lay-off?

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência