Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Internacional | 19/07/2016 | 17h30

FCA é investigada por rapel nos Estados Unidos

Empresa teria inflado o número de carros vendidos ao repassá-los à rede

REDAÇÃO AB

Aparentemente não é só no mercado brasileiro que as montadoras praticam rapel. A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) é investigada nos Estados Unidos por repassar para a rede de concessionárias carros que ainda não tinham sido vendidos. A ideia é que os distribuidores emplaquem os veículos para que eles entrem no resultado de vendas da empresa ainda que não tenham sido comprados por um consumidor final.

Há algumas semanas a FCA anunciou que teve o melhor volume de vendas para junho em 11 anos no mercado dos Estados Unidos. Órgão federais do país apuram, no entanto, se o patamar elevado foi alcançado de forma artificial. A montadora estaria cooperando com a investigação.

A suspeita foi levantada após a fabricante de veículos se tornar alvo de duas ações civis movidas por concessionários. A acusação é de que a FCA pagava a rede de distribuição para licenciar mais carros do que os que foram realmente vendidos e, assim, inflar as estatísticas.



Tags: FCA, Fiat Chrysler, rapel, Estados Unidos.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência