Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Indústria | 08/07/2016 | 16h25

Produção do Evoque chega aos cinco anos

Com mais de 500 mil unidades, modelo entrou para a história da Land Rover

REDAÇÃO AB

O Range Rover Evoque chegou aos cinco anos de produção na fábrica de Halewood, na região de Liverpool, no Reino Unido. Nesse período o carro passou superou meio milhão de unidades vendidas em mais de 180 países e tornou-se o modelo de maior sucesso na história da fabricante inglesa.

Sua montagem no Reino Unido ocorre em três turnos e a cada 170 segundos sai uma nova unidade da linha de montagem. Desde o ano de lançamento suas vendas mundiais quintuplicaram. Em 2011 foram cerca de 22 mil unidades e em 2015 o volume passou a 108 mil carros entregues em 180 países.

“Comecei na Jaguar Land Rover em 1º de fevereiro de 2011 e fiquei impressionado com a transformação que o Evoque causou na fábrica”, afirma o líder de produção no setor de pintura de Halewood, Ross Bolton. No começo deste ano, a fábrica passou a produzir o Evoque conversível.

No Brasil, o bom desempenho do Evoque desde 2011 fez com que ele fosse o primeiro modelo nacionalizado na fábrica construída pela Jaguar Land Rover em Itatiaia (RJ) e inaugurada em junho (veja aqui).

Desde 2011 até o primeiro semestre de 2016 o Evoque teve 22,5 mil unidades emplacadas no Brasil e em seu melhor ano, 2013, foi o 11º SUV mais vendido no País, com 6,6 mil licenciamentos, ficando à frente de modelos como Volkswagen Tiguan, Toyota RAV4 e Chevrolet Captiva, que contam com redes de revenda bem maiores.



Tags: Evoque, Land Rover, Range Rover, Liverpool, Volkswagen Tiguan, Toyota RAV4, Chevrolet Captiva.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência