Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Empresas da Abeifa têm leve alta em junho

Mercado | 07/07/2016 | 18h21

Empresas da Abeifa têm leve alta em junho

Ainda assim, importações despencaram no primeiro semestre de 2016

REDAÇÃO AB

A Abeifa, entidade que representa importadores e fabricantes de veículos no Brasil, divulgou leve aumento das vendas em junho na comparação com maio, de 3,4%. Ainda assim, a performance do setor segue lastimável em relação ao ano passado, que já foi de queda. Com 2,7 mil emplacamentos, as associadas da organização tiveram resultado 45,4% inferior ao de igual mês de 2015. No primeiro semestre a queda foi de 44,6%, para apenas 18,2 mil carros licenciados.

-Veja aqui os dados da Abeifa

Mesmo com os resultados negativos no ano, o presidente da Abeifa, José Luís Gandini, entende que a leve reação das vendas em junho é um bom sinal, “um alento para o setor de veículos importados”. O executivo aponta que começam a surgir sinais de recuperação econômica, com possibilidade de melhora dos negócios no segundo semestre. Outro fator importante para o setor é a queda do dólar, que favorece importações.

Entre as associadas, as empresas com produção local fecharam junho com evolução de 4,8% sobre maio e queda de 69,7% na comparação com o resultado de um ano atrás. BMW, Chery, Mini e Suzuki venderam 1,3 mil carros no mês. No primeiro semestre o volume foi de 5,2 mil unidades, com retração de 55,7%. A Abeifa aponta que, entre importadoras e fabricantes, as vendas de suas associadas representaram fatia de 2,4% do mercado brasileiro entre janeiro e junho.



Tags: Abeifa, vendas, importados.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência