Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Volkswagen: software fraudador estava desativado no Brasil

Meio Ambiente | 05/07/2016 | 18h58

Volkswagen: software fraudador estava desativado no Brasil

Com resultado de testes internos, companhia quer suspender multas no País

REDAÇÃO AB

A Volkswagen garante que os consumidores brasileiros não foram vítimas do dieselgate, escândalo global deflagrado em setembro de 2015, quando a companhia foi pega ao usar software para fraudar o nível de emissões de 11 milhões de carros a diesel vendidos em todo o mundo. A picape Amarok oferecida no Brasil tem o dispositivo instalado, mas a empresa anunciou que o mecanismo está desativado.

A montadora realizou testes internos e constatou que o software não influencia a performance ou o nível de emissões do modelo. Segundo a empresa, o veículo “atende plenamente aos limites de emissões estabelecidos por lei, sem prejuízo ao meio ambiente”. O recurso nem seria necessário no Brasil, onde a legislação de controle de poluentes ainda não é tão apertada quanto a de países europeus e dos Estados Unidos.

Com a constatação, a empresa aponta ter mais um argumento para suspender as multas que recebeu no Brasil por causa do dieselgate de R$ 50 milhões do Ibama e de R$ 8,5 milhões do Procon-SP. Desde que foram anunciadas, ainda em 2015, a Volkswagen vem contestando as penalidades.

Ainda que a montadora garanta não ter trapaceado no Brasil, não vai ser tão simples se livrar do prejuízo. Na segunda-feira, 4, a Proteste, associação dos consumidores, enviou ofício à companhia e ao ministério público que pedia a extensão para o País do acordo firmado nos Estados Unidos recentemente (leia aqui). A empresa acertou pagar na América do Norte total de US$ 15 bilhões em penalidades.



Tags: Volkswagen, dieselgate, Amarok, Brasil, fraude, emissões.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência