NOTÍCIAS
16/06/2016 | 20h57

Elétricos

Toyota reduz preços do híbrido Lexus CT 200h

Versão mais barata do hatch baixa de R$ 141.090 para R$129.900


REDAÇÃO AB

Ao mesmo tempo em que garantiu ter segurado no Brasil o preço da quarta geração do híbrido Prius, recém-lançado no mercado brasileiro (leia aqui), a Toyota também decidiu reposicionar para baixo os valores pedidos pelos híbridos de sua marca de luxo, a Lexus. As duas opções à venda no País do hatch CT 200h ficaram cerca de 8% mais baratas. A versão 200t do modelo, antes vendida por R$ 162.185, passou a custar R$ 149.900, e a versão Eco baixou de R$ 141.090 para R$129.900.

A Toyota informa que o ajuste faz parte dos planos em disseminar a tecnologia híbrida no Brasil. Com o reposicionamento de preços, o Lexus CT 200h passa a ser o segundo veículo híbrido mais barato à venda no País, ficando somente atrás do novo Toyota Prius, que sai por R$ 119.950.

“Assim como a Toyota, a Lexus está empenhada em cumprir com seu papel em nosso desafio ambiental global. Estamos dando os primeiros passos no Brasil para alcançar uma meta ambiciosa e necessária para o futuro. Até 2050, temos a proposta de reduzir em até 90% a emissão de CO2 na atmosfera, o que significa que todos os modelos comercializados pela Toyota e Lexus no mundo, até lá, serão híbridos, elétricos ou alimentados por célula de combustível”, explica Miguel Fonseca, vice-presidente executivo da Toyota do Brasil.



Além do Prius e CT200h, existem apenas mais duas opções no Brasil de híbridos que combinam motor a gasolina com elétrico: o Mitsubishi Outlander PHEV e o Ford Fusion Hybrid. Até agora, devido aos altos preços, as vendas não passaram de 800 unidades por ano de todos os quatro modelos somados. Em 2015 o imposto de importação dos híbridos foi reduzido de 35% para 4%, mas a desvalorização do real encobriu o benefício e os preços não baixaram.

Assim como todos os demais híbridos e elétricos, o CT 200h tem isenção para o rodízio municipal em São Paulo, bem como desconto de 50% no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). O Estado do Rio de Janeiro aplica alíquota reduzida de 1,5%.

Segundo a Lexus, os dois motores (gasolina e elétrico) do CT 200h geram potência combinada de 136 cv. O carro tem consumo aferido com nota A do Inmetro de 14,2 km/l na estrada e 15,7 km/l na cidade – portanto fica atrás do novo Toyota Prius, que faz 18,9 km/l em ciclo urbano e de 17 km/l em rodovias, índices que melhoraram expressivos 24% e 19%, respectivamente, em relação à geração anterior.

No início deste ano a Lexus atingiu a marca de 1 milhão de veículos híbridos vendidos em todo o mundo, desde abril de 2005, quando a companhia negociou o seu primeiro híbrido, o RX400h.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:


QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 16/01/2018
Quem liderou os principais segmentos em 2017

Esta coluna é apoiada por:

Advertisement Advertisement Advertisement
Advertisement Advertisement
AUTOINFORME | 10/01/2018
Só três dos 15 mais importados não são utilitários esportivos
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
DE CARRO POR AÍ | 12/01/2018
Que tal pagar uns R$ 64.000 pela versão Precision, 1.8, automática?
QUALIDADE | 01/12/2017
Envolver e motivar colaboradores é essencial para gerar bons resultados
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
INOVAÇÃO | 19/01/2018
Há alguns obstáculos para fazer dar certo a relação entre elefantes e formiguinhas